HomeiFriend pelo MundoIrlanda e Irlanda do Norte: quais as diferenças?
iFriend pelo Mundo

Irlanda e Irlanda do Norte: quais as diferenças?

irlanda-dublin-ifriend
Irlanda e Irlanda do Norte dividem a mesma ilha, mas não são o mesmo país. Entenda!

E então o iFriend pelo Mundo chegou à ilha da Irlanda. De cara, aquela dúvida pairou sobre em qual país estávamos. Sabendo da existência de duas Irlandas – obviamente sabíamos que havíamos chegado na República da Irlanda, mais conhecida como Irlanda, que fica na União Europeia. É aquela mesmo, cuja capital é Dublin e onde visitaríamos amigos em Cork.

O primeiro pensamento foi entender, agora que chegamos aqui, vale a pena ir até a Irlanda do Norte também? Essa, por sua vez, faz parte do Reino Unido. Um país assim como a Inglaterra, País de Gales e Escócia.

Neste post, você vai conhecer as diferenças entre os países e vai ter um panorama geral da belíssima ilha irlandesa, caso pretenda visitá-la em algum momento.

Confira, abaixo, quais as diferenças entre Irlanda e Irlanda do Norte!

Tamanho

A ilha da Irlanda abrange os territórios das duas Irlandas, a República da Irlanda (ou Eire) e a Irlanda do Norte. Contudo, a divisão territorial está longe de ser equilibrada. A República da Irlanda tem pouco mais de 80% da área total da ilha, um maior número de cidades turísticas e uma população de cerca de 2/3 do território.

Irlanda e Irlanda do Norte/Dados do mapa Google

Toda essa proporção deve ser levada em conta para quem deseja fazer um roteiro que inclua as duas Irlandas em sua viagem. Dos sete dias que ficamos na Irlanda, dedicamos apenas um dia para a Irlanda do Norte, mas é possível estender se houver algum interesse específico em relação ao Norte.

Política

A República da Irlanda possui ligação forte com a União Europeia e tem o euro como moeda oficial.

Já a Irlanda do Norte, que junto com todo o Reino Unido acabou aderindo ao Brexit, utiliza a libra esterlina.

Com uma maioria católica, a República da Irlanda teve até o início do século XX relação de serviência à coroa britânica. Com a independência conquistada e as diferenças religiosas com os vizinhos do norte, uma relação conflituosa e até violenta se manteve ao longo das décadas que se prosseguiram.

Hoje, há certa paz entre ambas e é absolutamente tranquilo de cruzar a fronteira, sem checagem de passaportes.

Cidades

Há quatro principais cidades na ilha da Irlanda, em termos de tamanho e potencial turístico:

Dublin (capital), Galway e Cork, na Irlanda.

Belfast (capital), na Irlanda do Norte.

Cidade de Belfast

Todas elas têm uma distância razoável entre si e um planejamento de deslocamento deve ser considerado. Não visitamos Galway por conta do pouco tempo e flexibilidade pequena de deslocamento.

No fim das contas, nosso roteiro foi algo como:

– Chegada em Dublin.

– Bate-volta em Belfast de ônibus.

– Viagem de ônibus até Cork.

– Saída da Irlanda por Cork. 

Para quem tem mais flexibilidade de roteiro e tempo, certamente um aluguel de carro permite conhecer as quatro cidades com mais autonomia.

Atrações

Existe uma série de atrações de grande porte na ilha da Irlanda, mas há cinco que precisamos destacar.

Como não fomos até Galway e demais cidades do interior, não incluímos nenhuma atração dessa região.

A República da Irlanda tem quatro das que consideramos as principais atrações da ilha:

  • Cervejaria Guinness / Guinness Storehouse: Em Dublin, tour cervejeiro e museu temático na fábrica da maior cerveja stout do mundo e a principal marca da República da Irlanda.
  • Trinity College e Book of Kells: Em Dublin, a universidade que forma com Cambridge e Oxford a trindade das maiores universidades de língua inglesa da Europa, onde se encontra um dos livros medievais mais bem preservados e importantes do planeta.
  • Destilaria Jameson: Em Dublin, tour pela destilaria que produz uma das marcas de Whisky mais famosas do mundo.
  • Castelo e Jardins de Blarney: Em Cork, castelo medieval no interior da Irlanda, com preservação de centenas de anos, e jardins magníficos para piqueniques e caminhadas.
Castelo de Blarney

A Irlanda do Norte por sua vez tem paisagens deslumbrantes, mas apenas uma grande atração. Contudo, é uma que vale sim o deslocamento até a capital Belfast:

  • Titanic Experience: Em Belfast, museu temático do transatlântico Titanic, que afundou no início do século XX. Foi lá, na capital norte-irlandesa, que o famoso navio britânico foi construído.

O conselho para quem vai para a ilha da Irlanda e pretende visitar Irlanda e Irlanda do Norte é: faça! É preciso calibrar suas expectativas de maneira personalizada, mas se você tem mais do que quatro dias e se interessa por paisagens deslumbrantes, vai ser muito legal sim adicionar a Irlanda do Norte ao seu roteiro – e o Titanic Experience vale muito a pena!

Titanic Belfast

Lembre-se, no entanto, que será preciso trocar seus euros por algumas libras esterlinas. 

E aí, gostou do conteúdo? Leia esse e outros textos interessantes no blog do iFriend.

iFriend. Find a Friend. Enjoy the ride.

Já pensou em visitar o seu próximo destino antes mesmo de estar lá?

Monte um roteiro com nossos iFriends e desbrave como local.

Nossos Guias

Que tal?