HomeiFriend pelo MundoExperiências pelo Mundo (parte 3): Filipinas
iFriend pelo Mundo

Experiências pelo Mundo (parte 3): Filipinas

el-nido-palawan-filipinas
Saiba como foi a passagem do iFriend pelo Mundo no país asiático, sobretudo em Palawan, uma ilha repleta de praias pitorescas

Muitas experiências podem ser vividas durante uma viagem pelo mundo, mas algumas são realmente especiais, o que nos faz querer compartilhar os aprendizados. Já falamos sobre a espiritualidade da Índia e a selva do Laos, bem como sobre como os operadores de turismo nessas regiões puderam proporcionar tais experiências. Agora, é hora de mudarmos novamente de ambiente: das cidades, fé, templos, altitudes e matas para as praias paradisíacas.

 As Filipinas, um dos países mais bonitos do continente asiático, são donas das praias mais belas que já vimos. Contudo, a beleza não é o único atributo necessário para encantar os visitantes.

Palawan

O cenário mais deslumbrante que visitamos nas Filipinas estava em Palawan, um extenso arquipélago localizado mais ao sul, isolado e distante das grandes cidades do país, como Manila, a capital, e Cebu. No entanto, possui aeroportos em Puerto Princesa (capital da província), Corón e El Nido (os dois principais destinos turísticos).

Após aterrissarmos em Puerto Princesa, utilizamos o meio de transporte mais comum para longas distâncias na região – as vans – para nos deslocarmos até El Nido. Foram algumas horas apertados nos assentos ao lado de outros turistas, todos buscando explorar os deslumbrantes cenários de Palawan. Esse exemplo de mobilidade urbana exemplifica o nível de informalidade do sistema de transporte nas Filipinas, ainda mais evidente em Palawan. O transporte carece de regulamentação aparente, frequentemente ocorrendo altas velocidades nas estradas e alguns erros comuns, como quando tivemos que esperar quase uma hora, pois o motorista partiu sem verificar se todos os passageiros estavam a bordo. Nesse caso, um rapaz teve que ser trazido de moto até o ponto onde estávamos na estrada.

Todo esse aspecto improvisado continua a se manifestar em Palawan, onde os tuk tuks filipinos se destacam como um grande exemplo. Enquanto na Índia, Tailândia, Camboja e outros lugares da Ásia, vemos veículos padronizados para o transporte de passageiros, muitas vezes produzidos especificamente para essa finalidade, nas Filipinas, os tuk tuks são, na verdade, motocicletas com assentos adaptados de maneiras bastante rudimentares.

Tuk tuk em Palawan

Entretanto, a perspectiva começa a mudar quando, em El Nido, procuramos os passeios de barco pelas ilhas próximas. Esses passeios são a principal atração de Palawan, e fica evidente como a indústria turística local se esforça para oferecer serviços de alta qualidade com excelente relação custo-benefício. Os passeios são vendidos em lojas espalhadas pelo centro de El Nido e Corón, seguindo trajetos altamente padronizados identificados como A, B, C, D, etc., com rotas fixas, independentemente do operador. Os preços são tabelados, embora seja possível encontrar empresas de qualidade superior que cobram um pouco mais caro.

Uma rápida pesquisa na Internet ou uma conversa com o hotel ou moradores locais pode indicar quais passeios são mais populares. Então, basta escolher os tours de interesse, com algumas opções oferecendo mais praias, outras mais cavernas, piscinas naturais ou snorkeling. Há até passeios específicos para visitar naufrágios da Segunda Guerra. Além disso, se estiver em um grupo maior ou quiser investir um pouco mais, é possível contratar passeios privativos.

É durante essas atividades que percebemos o esmero dedicado pelos profissionais locais ao seu trabalho e ao negócio em si. Os turistas são atendidos de maneira exemplar, mesmo quando recebidos por empresas que focam no volume. O inglês bem articulado (a influência norte-americana é forte nas Filipinas), a atenção à segurança e o cuidado com todos os detalhes são evidentes em todos os passeios. O almoço, preparado a bordo durante a viagem, merece menção especial. A pequena cozinha das embarcações, operada por um marinheiro-cozinheiro, consegue produzir um verdadeiro banquete em poucas horas, um contraste marcante em relação à modesta gastronomia filipina encontrada em terra firme. As paradas são cronometradas, mas proporcionam tempo suficiente para explorar cada pequeno paraíso do arquipélago, tornando os passeios em Palawan verdadeiramente deliciosos.

O foco e o trabalho árduo dos profissionais de Palawan demonstram o quão possível é criar uma experiência excepcional mesmo em um ambiente desafiador. Esperamos que essa vivência possa ajudá-lo a alcançar o mesmo nível de excelência em seu segmento ou localidade.

E aí, gostou? Leia esse e muitos outros conteúdos no blog da iFriend.

iFriend. Find a Friend. Enjoy the ride.

Comentar

Comentar

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

Que tal?