HomeDicas de ViagemO que fazer em Israel?
Dicas de Viagem

O que fazer em Israel?

Basílica da Natividade em Belém
Um roteiro por Israel compreende praias, lagos, desertos, reservas ambientais e muitos sítios arqueológicos.

Você não ficará parado por muito tempo em Israel, o que é bom! E para você conhecer todas as peculiaridades das cidades, nada melhor do que conhecer Israel com um iFriend.

Veja também: Guia de viagem de Israel

Roteiro de sete dias em Israel

Primeiro dia

Belém e Jericó

Conheça a história do cristianismo saindo de Jerusalém com destino à Belém, cidade natal do Rei Davi e local de nascimento de Jesus. Contemple a Praça da Manjedoura, que abriga uma das igrejas mais antigas do mundo, a Igreja da Natividade. Abaixo da Igreja encontra-se a gruta e o local exato do nascimento de Jesus. A vizinha Igreja de Santa Catarina, em honra a uma das primeiras cristãs, também merece uma visita. Após essa viagem aos tempos dos primeiros cristãos, siga para a Gruta do Leite, onde Maria cuidou de Jesus quando recém-nascido.

Antes de sair de Belém, percorra os Campos do Pastor e a igreja no local. Em seguida, percorra parte do Deserto da Judéia e pouse na Pousada do Bom Samaritano e volte pelo caminho de Jericó, a cidade mais antiga do mundo. Em Jericó, visite o sítio arqueológico de Tel Essultan, onde as escavações revelaram descobertas antigas, nas ruínas das muralhas cananeias, fornecendo uma visão sobre a conquista de Jericó por Josué.

Termine esse primeiro dia com uma visita ao monte da antiga Jericó, onde 25 cidades antigas foram descobertas. Pernoite em Jerusalém para continuar essa aventura.

Segundo dia

Nas pegadas de Jesus

Um dia para muitas reflexões em Jerusalém: comece seu passeio por um tour no Monte das Oliveiras, visitando o local da Ascensão e a Igreja do Patre Nostre, construída por Constantino o Grande, uma basílica do século IV, construída no topo do monte, para marcar a Ascensão de Jesus Cristo. A igreja abriga dezenas e dezenas de painéis, cada um reproduzindo o Pai Nosso em 123 idiomas diferentes. Após uma visão da Velha e da Nova Jerusalém, incluindo o Monte do Templo, entre na Igreja Dominus Flevit, erigida no local onde Jesus teria chorado e se lamentado ao prever a destruição de Jerusalém.

Ao pé do Monte entre também na Igreja de Todas as Nações no Jardim do Getsêmani, o local da captura de Jesus pelos romanos. Antes de subir à Cidade Velha e entrar pelo Portão do Leão, percorra o Vale do Cédron e visite o cemitério judeu de três mil anos no Monte das Oliveiras, com os sepulcros monumentais localizados em sua base.

Visite o Muro das Lamentações (e túneis, com agendada), o Santo Sepulcro e o mercado árabe (cuidado com os batedores de carteiras).

Leia também:  Quando visitar Holambra

Como último ponto turístico do dia, entre no Convento das Irmãs de Sião, localizado no final da Via Dolorosa. Debaixo do convento, nas calçadas de pedra antigas, você poderá ver entalhes gravados nas pedras usadas pelos soldados romanos para jogos.

Terceiro dia

Volte para Jaffa e conheça Yad Nashem, o Museu do Holocausto. Visite também o Museu de Israel, sobre a fundação do país, criado em 1948. Na rua Ben Yehuda há muitas lojinhas para turistas e restaurantes.

Se você pretende ficar mais dias em Israel, você poderá aproveitar e fazer diversos roteiros históricos e bíblicos. Comece com a ida em Massada, fortaleza de mais de dois mil anos construída pelo Rei Herodes – você pode chegar lá à pé ou de bondinho (a melhor opção sobretudo no verão).

Quarto dia

Você não deve perder a Mineral Beach, as praias do Mar Morto, que permitirá você ter momentos divertidos de flutuação, graças à quantidade de sal presente na água, e o famoso “banho de lama” com propriedades medicinais.

Quinto dia

Para uma experiência de viagem completa não deixe de conhecer um kibutz – uma pequena comunidade israelense economicamente autônoma com base em trabalho agrícola ou agroindustrial, conduzida de forma igualitária e democrática, obtida pela propriedade coletiva dos meios de produção e da administração. Sua administração é realizada por todos os seus integrantes em assembleias gerais regulares. Muitas pessoas buscam essa experiência como voluntários para compreender os processos administrativos.  

Sexto dia

Um roteiro histórico muito interessante para os que gostam de histórias bíblicas é o Rosh Hanikra, na belíssima região de fronteira com o Líbano. Passe pelas cidades de Haifa, onde tem o Mont Carmel e o lindo Bahai GardenAcre, uma cidade medieval do tempo das Cruzadas, parte da Palestina no pós-1a guerra e a Cesaréa, a antiga capital romana, com muitas ruínas e sítios arqueológicos.

Sétimo dia

A cena jovem fica por conta de Eilat, um balneário animadíssimo, com casas bonitas, restaurantes e vida noturna. Em Coral Beach, você pode optar entre snorkel, parasailing e  diversos esportes aquáticos.

Em Tel Aviv não deixe de conhecer o Museu de Arte de Tel Aviv e a arquitetura Bauhaus da região de “White City” – Bauhaus é um estilo de arte moderna alemã, na década de 1920.  Visite também o Neve Tzedek, o primeiro bairro de Tel Aviv, datado do século 19 – aproveite os restaurantes e as tradicionais comidas israelenses.

Viva mais experiências incríveis em Israel com os iFriends

Uma viagem à Israel não estará completa sem a companhia de um guia local e os iFriends possibilitarão uma viagem muito mais completa, com roteiros personalizados mostrando o melhor da Terra Santa e curiosidades que você não sabe!

Leia também:  Jerusalém: Viaje para a Terra Santa

Sérgio – O Sérgio é guia brasileiro licenciado pelo Ministério do Turismo de Israel a mais de 10 anos. Um apaixonado por Israel e profundo conhecedor da Cultura Judaica e história de Israel tem roteiros personalizados para grupos e famílias.

Raquel – A Raquel é licenciada em História, Teologia, e pós-graduada em Ensino religioso e Antropologia da História de Israel e vai te levar para caminhar nas ruas de Jerusalém. Um roteiro bíblico, que fará você sentir a história, com suas cores e sabores.

Yehoshua – O Yehoshua vai te apresentar locais bíblicos e históricos em Israel de uma maneira diferente. Uma visão bíblica judaica e sionista de Israel. Você terá tempo para orar e buscar a essência de Deus, onde os patriarcas tinham grandes encontros com Ele.

Conheça outros iFriends da cidade de Israel e tenha experiências únicas conhecendo os principais pontos da cidade com a melhor companhia!

Vista de Jerusalem, Israel

iFriend. Find a friend, enjoy the ride.

O que achou?

Média / 5. Votos:

Comentar

Comentar

Que tal?