HomeGuia de viagem Sydney

Guia de viagem Sydney

Baía de Sydney
Você vai adorar conhecer Sydney neste guia completo!
5
(1)

Uma cidade cosmopolita, Sydney, na Austrália, possui uma arquitetura imponente em meio a mais bela natureza. Capital do estado de Nova Gales do Sul, é a maior metrópole do país, onde habita mais de 5 milhões de pessoas. 

Seu boom foi no ano de 2000, quando a cidade foi sede das Olimpíadas. Desde então passou a ser muito procurada como destino de viagem de turistas do mundo inteiro, interessados em seu cenário urbano supermovimentado, praias e atrações imperdíveis. 

Vocação turística de Sydney

Sydney oferece as mais variadas atrações, entre elas um mergulho no mar, casa de ópera, jardins botânicos, centro de compras, zoológico, museu de cera, bons restaurantes e cafeterias e muito mais. 

Com tanta coisa boa, o custo de vida em Sydney é alto e o turismo também. Considere que a Austrália é um dos países com maior IDH (índice de desenvolvimento humano) do mundo. Sydney, por sua vez, está entre as 10 melhores cidades em relação à qualidade de vida, de acordo com ranking do Economist Intelligence Unit, braço de pesquisas econômicas da revista britânica The Economist.

Em uma viagem para este destino, os gastos com aéreo e hospedagem pesam no bolso. Por isso, reserve seu voo e sua estadia o quanto antes para garantir a melhor oferta. 

A moeda local é o dólar australiano, que não é tão simples de ser encontrado nas casas de câmbio brasileiras em cima da hora.

Portanto, programe seu tempo para fazer a troca da moeda. Os cartões de crédito são bem aceitos em todo o país e você não deve ter dificuldade para utilizá-los, desde que ative a função de uso no exterior. Eles são necessários, inclusive, para alugar um carro.

Lembre-se que, além do visto para entrar no país, a Austrália exige certificado de vacinação internacional contra a febre amarela.

Veja também: Por que visitar Sydney?

O que fazer em Sydney?

Jardim Botânico Real-sydney-

Moderna, cosmopolita, cultural: esta é Sydney!

Um destino que oferece algo novo a cada dia da sua viagem. Assim é Sydney, que combina seus espaços verdes com um clima multicultural de metrópole. O turista pode realizar um piquenique no Jardim Botânico Real, caminhar e fazer compras em Pitt Street e embarcar num tour pela Casa de Ópera de Sydney.

Primeiro dia

Comece visitando a Catedral de St Mary e o Hyde Park, um parque público no coração da cidade, pois um fica em frente ao outro. A uma curta caminhada dali está a Sydney Tower e o Queen Victory Building. Seguindo a rua do Queen Victory Building, você chegará ao Darling Harbour, um porto com uma vista linda. Lá você encontra pontos turísticos interessantes, como o Zoológico de Sydney, Aquário de Sydney e o museu de cera Madame Toussads.

Termine o dia no Hard Rock Café, que fica no Darling Harbour. 

Segundo dia

Um passeio que você não pode deixar de fazer é ir ao Royal Botanic Garden, localizado às margens da Baía de Sydney. Lá você pode se exercitar ou até fazer um piquenique. Caminhando pela trilha sinalizada, logo você chegará no Mcquaries Point, um dos mirantes que garantem aquela foto clássica da Baía de Sydney num enquadramento perfeito que une a Harbour Bridge e a Opera House. O jardim botânico fica perto da Opera House, por isso recomendamos fazer os dois passeios no mesmo dia. 

Depois, vá almoçar e bater perna pelo The Rocks, o bairro mais antigo da cidade, onde se encontra o Museum of Contemporary Art. 

Encerre o dia na Pitt Street, uma das principais ruas da cidade. Mesmo se não quiser fazer umas comprinhas vale a pena conferir o Pitty Street Mall, que é como um shopping a céu aberto.

Terceiro dia

Dedique seu terceiro dia às praias de Sydney. Da Coogee Beach dá para ir caminhando até Bondi Beach, a mais famosa de todas.

Entre elas, você irá passar pela Gordons Bay, por Clovelly Beach, Bronte Beach, St Mary CathedralBeach, pelo Mackenzies Point e, finalmente, a Bondi Beach. No meio do caminho, há até um cemitério com vista para o mar. Bondi Beach tem excelente estrutura, com vários restaurantes, bares, sorveterias e lojas.

Veja também: o que fazer em Sydney

Destaques

Alto padrão de qualidadeInfluência da gastronomia internacionalParada obrigatória a qualquer hora do dia
A Austrália é um dos países com maior IDH (índice de desenvolvimento humano) do mundo. Sydney, por sua vez, está entre as 10 melhores cidades em relação à qualidade de vida, de acordo com ranking do Economist Intelligence Unit, braço de pesquisas econômicas da revista britânica The Economist.Por ser um país de colonização inglesa, a Austrália tem como um de seus poucos pratos típicos o famoso fish and chips, tradicional na Inglaterra. Outra cozinha popular local é a chinesa, provavelmente pela forte presença de imigrantes da China, especialmente em Sidney e Melbourne.O Darling Harbour é uma das principais atrações de Sydney.  A área portuária funciona como complexo de lazer, com shopping, restaurantes e cinema. Ali se encontra o famoso Hard Rock Café, o cinema IMAX (com a maior tela do mundo), o Zoológico de Sydney, Aquário de Sydney e o museu de cera Madame Tussauds. 

Quando visitar Sydney?

Jardim Botânico Real-sydney-
Jardim Botânico Real-sydney-

Clima agradável o ano todo

Quando visitar Sydney você vai encontrar um clima temperado oceânico, com chuvas equilibradas durante todo o ano

Em Sydney não faz calor o ano inteiro, diferente do que muita gente pensa. Os meses de inverno (junho a setembro) apresentam um frio ameno, mas que pode atrapalhar os planos de quem viaja pensando em curtir as praias. Durante a temporada mais fria, as mínimas chegam a 8°C e as máximas ficam em torno de 17°C.

O verão (dezembro a março) é o período de alta temporada, com dias mornos e noites frescas. A média de temperatura nessa estação é de 25ºC, mas os termômetros podem passar dos 30ºC nos dias de mais quentes.

Já a primavera e o outono (setembro a dezembro e março a junho) apresentam um clima mais ameno e com pouca umidade. 

Alta Temporada

  • Prós – É perfeito para curtir as praias devido aos dias de calor. É período de férias escolares e a cidade fica mais animada.
  • Contras – Infelizmente é o período mais chuvoso e também o mais caro. Você terá que reservar o voo e a hospedagem com maior antecedência para garantir os melhores preços. 

Baixa Temporada

  • Prós – Os preços de passagem aérea e hotéis caem. É possível conhecer os pontos turísticos com maior tranquilidade por haver menos fluxo de pessoas. 
  • Contras – No inverno, pode ficar difícil curtir um dia de praia e as temperaturas podem ser um incômodo. Se você prefere o fervo, neste período a movimentação de turistas diminui.

Veja também: Quando visitar Sydney

Gastronomia e o que comer em Sydney?

Peixe empanado com fritas
Peixe empanado com fritas

Os sabores diversificados de Sydney 

Por ser um país de colonização inglesa, a Austrália tem como um de seus poucos pratos típicos o famoso fish and chips, tradicional na Inglaterra. Outra cozinha popular local é a chinesa, provavelmente pela forte presença de imigrantes da China, especialmente em Sidney e Melbourne. 

Os australianos também comem hambúrguer com frequência e você vai encontrar excelentes hamburguerias por lá. Uma outra coisa que se come na Austrália é a meat pie, uma torta de carne que se assemelha a uma empada grande. 

Apesar de não ter uma gastronomia característica, em Sidney o visitante encontra bons restaurantes, com sabores variados e espaços deliciosos para um happy hour.

Restaurantes em Sidney

  • Cafe Sidney- 5, Sydney Customs House, 31 Alfred St, Sydney NSW 2000 
  • Cubby’s Kitchen- Esquina da Young Street & Loftus Lane, entrada pela lateral da Bridge Street, Sydney NSW 2000 
  • Bodhi Restaurant – 2/4 College St, Sydney NSW 2000
  • Vapiano – Esquina da King St & York Street, Sydney NSW 2000
  • Buckley’s – 18/7 Macquarie St, Sydney NSW 2000  

Veja também: Onde comer em Sydney

Pontos Turísticos de Sydney

St Mary Cathedral
St Mary Cathedral

A combinação da arquitetura com a mais bela natureza na maior cidade da Austrália

Em uma viagem a Sydney o que não faltam são pontos turísticos. Alguns deles são indispensáveis, como o Darling Harbour, o Royal Botanic Garden e a Bondi Beach.

A capital do estado de Nova Gales do Sul reúne o que há de mais famoso e moderno no país.

  • St Mary’s Cathedral – um dos maiores templos religiosos de Sydney e a mais antiga igreja católica da cidade. A St Mary’s possui estilo gótico e impressiona pela arquitetura interior e exterior. A visita à catedral é gratuita, porém as fotos não são permitidas.   
  • Hyde Park – parque público de 16 hectares, considerado o mais antigo do país. Conta com uma extensa área verde, fontes e alguns monumentos. Lá você também encontrará o ANZAC War Memorial, situado em frente ao Lago do Reflexo. De entrada gratuita, o memorial foi construído em homenagem às forças armadas da Austrália e da Nova Zelândia que lutaram durante a Primeira Guerra Mundial.
  • Sydney Tower – construção mais alta da cidade, onde é possível subir e ver tudo bem de cima, com vista panorâmica. Além do deck de observação, é possível almoçar ou jantar no restaurante rotatório da torre, que vai girando bem devagar, permitindo que o visitante veja toda a cidade em 360 graus.
  • Queen Victory Building – shopping de 1898 com uma arquitetura e decorações belíssimas. Oferece uma enorme variedade de restaurantes e cafeterias.
  • Darling Harbour – área portuária que funciona como complexo de lazer, com shopping, restaurantes e cinema. Ali se encontra o famoso Hard Rock Café, o cinema IMAX (com a maior tela do mundo), o Zoológico de Sydney, Aquário de Sydney e o museu de cera Madame Tussauds. O Darling Harbour é uma das principais atrações de Sydney. É um local para tomar um bom café da manhã, curtir o ambiente ou aproveitar a noite.   
  • Royal Botanic Garden – é um parque com diversas espécies de plantas e árvores. Seus 30 hectares estão localizados às margens da Baía de Sydney. Dentro do jardim botânico estão a Art Gallery of NSW e a Government House, ambas abertas ao público e com entrada gratuita. Na Art Gallery você poderá ver um pouco de obras que remetem à história do estado de Nova Gales do Sul. Já na Government House, que é a casa oficial do governador, você terá a oportunidade de conhecer algumas salas do prédio.  
  • Opera House – A Casa de Ópera de Sydney é a casa de grandes grupos australianos, como o grupo nacional de ópera, balé, orquestra sinfônica e a companhia de teatro. Alguns visitantes circulam apenas pelos arredores da casa, mas é possível realizar um tour interno. A Opera House foi declarada Patrimônio Cultural da UNESCO em 2007. O local recebe vários eventos ao longo do ano, incluindo shows de artistas renomados. Fique atento à programação e garanta seu ingresso com antecedência. 
  • The Rocks – bairro histórico e charmoso de Sydney. O The Rocks conta com bons restaurantes, opções para curtir a noite, galerias de arte e feirinha de artesanato nos fins de semana. Pela região, você pode visitar o Museum of Contemporary Art. 
  • Bondi Beach – é uma das praias mais queridas do país e atrai muitos turistas, seja para dar um mergulho no mar, surfar ou relaxar durante o dia.  A área que fica no entorno de Bondi Beach tem uma ótima estrutura com vários restaurantes, lojas, sorveterias, bares e outros estabelecimentos comerciais. Um diferencial dessa praia são as piscinas públicas, uma opção para quem não curte muito o mar. A partir de Bondi, você pode fazer uma caminhada até outras praias enquanto contempla a paisagem. 

Veja também: Pontos turísticos de Sydney

Opera Theatre - Sydney
Opera Theatre – Sydney

iFriend: Guia de viagem em Sydney

Escolher um guia de viagem para acompanhá-lo em alguns passeios e roteiros pode ser a melhor opção para você aproveitar ao máximo a cidade.

  • Manuella – ela vai te mostrar os melhores parques e atividades culturais de Sydney.
  • Carlos – ele vai te mostrar todos os pontos turísticos de Sydney. 
Sydney Bay
Sydney Bay

Sydney, a cidade mais popular da Oceania, espera sua visita!
iFriend – Find a friend, enjoy the ride.

O que achou?

Média 5 / 5. Votos: 1

Que tal?