HomeGuia de viagem Rota das Emoções

Guia de viagem Rota das Emoções

Lagoa da Gaivota - Santo Amaro - Maranhão
Você vai adorar conhecer a Rota das Emoções neste guia completo!
0
(0)

Rota das Emoções é uma rota turística criada em 2005, através do Sebrae em conjunto com Ministério do Turismo, para estimular o turismo da região do nordeste brasileiro.

O circuito passa por três estados: Ceará, Piauí e Maranhão e conta com três santuários ecológicos principais: o Parque Nacional de Jericoacoara (CE), a Área de Proteção Ambiental do Delta do Parnaíba (PI) e o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (MA).

O projeto visa desenvolver e capacitar as empresas que operam no roteiro, através da formatação de produtos, melhoria de qualidade e promoção dos destinos integrados. O projeto tem dado certo ao longo desses anos e atrai turistas de todo o mundo. 

Fazem parte da Rota das Emoções os municípios de: Jijoca de Jericoacoara, Barroquinha, Camocim, Chaval e Cruz, no Ceará; Parnaíba, Ilha Grande, Luís Correia e Cajueiro da Praia (Barra Grande), no Piauí; Barreirinhas, Paulino Neves, Araióses, Tutóia e Santo Amaro do Maranhão, no Maranhão.

Por que visitar a Rota das Emoções?

Revoada dos Guarás no Delta do Parnaíba-
Revoada dos Guarás no Delta do Parnaíba-

Uma rota repleta de fortes emoções para você aproveitar!

Ao longo dos seus 900 Km de percurso, passando por 14 municípios, a Rota das Emoções oferece uma incrível conexão com a natureza, paisagens ímpares e envolvimento com a cultura local. Por isso, o termo que nomeia a rota remete à emoção de visitar destinos repletos de riquezas naturais, além de três unidades de conservação em uma única viagem. 

A Rota das Emoções compreende municípios com atrativos muito diferentes, indo de locais mais badalados a mais pacatos, mais sofisticados a mais rústicos, o que agrada diversos perfis de turistas. O roteiro oferece experiências que vão desde ecoturismo, sol, praia e aventura ao turismo gastronômico com infinitas possibilidades. 

A rota tem opções de hospedagens para todos os gostos e bolsos: de pousadas boutique a espaços mais descolados. A oferta de acomodações e também de restaurantes, muitos liderados por estrangeiros, só cresce. Os hotéis mais famosos, inclusive, ficam lotados de pessoas vindas do exterior e podem não ter vaga para a alta temporada com meses de antecedência. 

Para quem faz a Rota das Emoções, é essencial a ajuda de uma agência de turismo. A agência fica responsável por tudo, dos transfers entre os locais a serem visitados à hospedagem, além dos passeios. Existem diversas opções de pacotes para a rota disponíveis no mercado. Basta analisar qual é o melhor para você. 

Veja também: Por que visitar a Rota das Emoções?

Destaques

Uma Rota repleta de emoçõesOs mais lindos cartões postais do nordeste brasileiro Comida da boa!
para quem ama ecoturismo, não faltarão opções! São 73 ilhas, mangues, dunas, e 1.450 km ate desembocar sua foz, no Oceano Atlântico. No caminho, igarapés, árvores de 10 metros de altura, dunas, boas chances de mergulho e o espetáculo da revoada dos pássaros vermelhos, os guarás. Paisagens inigualáveis de 14 cidades do nordeste brasileiroQuem nunca ouviu falar nas Dunas do Pôr do Sol? Pedra Furada? Lençóis Maranhenses? Àrvore da Preguiça? lagoa Azul? Esses são apenas alguns dos pontos mais lindos que você vai conhecer! A arte da boa recepção nordestina está expressa na qualidade de seu atendimento e na farta variedade gastronômica. São pratos consagrados que na Rota das Emoções vocÊ poderá conferir um verdadeiro roteiro de delícias!

O que fazer na Rota das Emoções?

Pedra Furada - Jericoacoara - Ceará
Pedra Furada – Jericoacoara – Ceará

Um roteiro impressionante que você vai se surpreender!

Destinos repletos de praias, dunas e lagoas paradisíacas. Estradas cheias de aventura, sendo ora de areia, ora de asfalto. A Rota das Emoções é um roteiro para descansar, meditar, praticar esportes e badalar.

São tantas atrações que o tempo ideal para curtir uma viagem dessas são 10 dias. Porém, não é necessário passar por todos os 14 municípios caso não tenha tempo.

Temos aqui um roteiro mais básico para um turista sem tanta disponibilidade, desembarcando em São Luís, Maranhão. Também é possível começar o roteiro pelo Ceará, passar pelo Piauí e terminar no Maranhão

Primeiro dia

Contrate um transfer para te buscar bem cedinho (umas 07h) em São Luís (MA) e te levar até sua primeira hospedagem, em Santo Amaro (MA). A viagem de cerca de 4 horas passa por estrada asfaltada, de terra e atravessa o Rio Alegre. Depois do almoço, a combinar com sua agência de turismo, faça o passeio nos Lençóis Maranhenses. 

Curta um tempo na Lagoa das Andorinhas, depois a dica é assistir ao pôr do sol na Lagoa das Gaivotas. Feito isso, volte para sua acomodação em Santo Amaro para pernoitar.

Segundo dia

No seu segundo dia, aproveite para conhecer a Lagoa Betânia (Santo Amaro) e tomar um delicioso banho. Seu almoço pode ser no vilarejo de Betânia, com travessia de barco até o restaurante.

Após o almoço, retorne à pousada e busque suas malas para seguir para Barreirinhas. Chegando lá, já ao anoitecer, é hora de conhecer o centro de Barreirinhas. Escolha um bar ou restaurante para jantar, tomar uma cerveja e quem sabe até curtir uma música ao vivo.

Terceiro dia

Neste dia, você pode ir de jardineira até o portinho de Barreirinhas. Lembrando que é tudo combinado com sua agência. A partir de lá, inicie os passeios pelo Rio Preguiças com paradas em: Vassouras, para olhar os macaquinhos, dunas e lagoa; Mandacaru, para visitar o Farol; Caburé, para fazer o passeio de quadriciclo pela praia e ver o encontro do rio com o mar.

Após o almoço, peça para te levarem para Atins. De lá, pegue uma jardineira para os Lençóis de Atins. Caminhe até a Lagoa Tropical para assistir ao pôr do sol. Depois, siga por mais meia hora por estrada para jantar os famosos camarões no Restaurante da Luzia ou no Restaurante do Antônio, localizados no Canto do Atins. Dizem ser os melhores camarões da vida.

Quarto dia

No quarto dia, uma jardineira (a última da viagem) vai te levar com suas malas até o portinho de Atins numa viagem curtinha. A partir de Atins, uma voadeira te deixa em Caburé. De Caburé, você parte de carro até Tutóia, com paradas pelo caminho para observar o Parque Eólico da região, entre outros pontos interessantes. 

O almoço pode ser em Tutóia mesmo e depois você fica no portinho de Tutóia. Dali, você vai fazer o passeio de lancha pelo Delta do Parnaíba com mala e tudo. O passeio é lindo e muito especial, com parada ainda nas Dunas do Delta, com o Rio Parnaíba ao fundo. 

Na Revoada dos Guarás, as lanchas param e todos ficam em silêncio para ouvir e assistir a centenas de pássaros voando, retornando para a ilha onde dormem, no fim da tarde. Às 17h30, as lanchas partem para Parnaíba em mais de uma hora de percurso em alta velocidade. 

Chegando no Porto dos Tatus, em Parnaíba, o transfer te levará para seu hotel.

Quinto dia

O quinto dia é dia de deixar o Piauí e seguir para o Ceará, destino Jericoacoara. São 130 Km de asfalto e mais um tanto pelas dunas, além de uma travessia de dois rios de balsa, com direito a parada para o almoço. 

Você vai chegar a tempo de assistir ao sol se pôr na praia em Jeri. E para fechar, curta a noite pela vila, onde há muita animação, bares com música ao vivo e deliciosos drinks. 

Sexto dia

No seu último dia, acorde bem cedo e vá conhecer a famosa Pedra Furada, a Árvore da Preguiça e a Lagoa Azul. Depois, é hora de partir para a Lagoa do Paraíso. Lá está localizado o Alchymist Beach Club, um clube de praia que é parada obrigatória para quem vai a Jeri. Ele é excelente para você passar o dia e encerrar seu roteiro pela Rota das Emoções com chave de ouro. 

À noite, se ainda tiver tempo, você pode curtir mais um pouco do centrinho da vila.

Veja também: o que fazer na Rota das Emoções

Quando visitar Rota das Emoções?

Lençóis Maranhenses
Lençóis Maranhenses

Destinos incríveis nas quatro estações

A viagem pela Rota das Emoções pode ser feita o ano todo, mas o ideal é ir de maio a setembro, após a estação chuvosa.

A melhor época, entretanto, é entre junho e agosto, quando as lagoas estão bem cheias e esperam os turistas para mergulhos incríveis. É nesse período também que o Nordeste está em festa. Viajar durante as festas juninas pode te deixar mais encantado com os destinos da rota. 

De julho a dezembro, com o vento mais intenso, muitos praticantes de kitesurf do mundo todo chegam na região – especialmente em Jeri e em Barra Grande. Nos meses de dezembro e janeiro, que compreende a alta temporada, algumas cidades, como Jericoacoara, ficam lotadas de turistas e tudo fica mais caro. 

Alta Temporada

  • Prós – A região fica mais animada e o calorão do verão é um convite a mergulhar nas lagoas, passar o dia nas praias e praticar esportes aquáticos. Os destinos contam com mais opções de programas para fazer. 
  • Contras – Os valores cobrados nas hospedagens e, algumas vezes, nos passeios, ficam acima do normal. Além disso, as atrações ficam mais cheias e você terá que enfrentar algumas filas, como, por exemplo, para tirar foto na Pedra Furada, em Jeri. 

Baixa Temporada

  • Prós – Os destinos da rota ficam menos cheios e os preços praticados são mais em conta. Fica mais fácil visitar os pontos turísticos, sem precisar dividir espaço com muitas pessoas e enfrentar longas filas.  A possibilidade de chuvas é menor. 
  • Contras – As noites mais frias do outono/inverno podem incomodar os mais friorentos. 

Veja também: Quando visitar Rota das Emoções

Pontos Turísticos da Rota das Emoções

Atins, Maranhão - por do sol nos lençóis maranhenses
Atins, Maranhão – por do sol nos lençóis maranhenses

As belezas naturais e emoções do Nordeste brasileiro

Com um roteiro que combina cenários espetaculares, muito sol, dunas, praias e águas cristalinas, a Rota das Emoções é uma viagem que percorre o litoral de três estados do nordeste brasileiro: Ceará, Piauí e Maranhão. Suas principais atrações são Jericoacoara (Ceará), Delta do Parnaíba (Piauí) e Lençóis Maranhenses (Maranhão).  

  • Lençóis Maranhenses (MA) – Assistir ao dia amanhecer ou ao sol se pôr nos Lençóis Maranhenses é um programa que precisa estar na sua lista pela Rota das Emoções. Uma imensidão de dunas e piscinas naturais trazem a sensação de estar num paraíso. Entre os passeios mais procurados por lá estão o Circuito da Lagoa Azul, o Circuito da Lagoa Bonita, a visita à Lagoa das Emendadas e ao Canto de Atins. Barreirinhas é a principal base para conhecer o Parque Nacional dos Lençóis Maranhense, considerado o maior parque de dunas do Brasil.
  • Atins (MA) – Atins é uma das bases para explorar as lagoas do Maranhão. O vilarejo tem ruas de areia, praias (onde predomina a prática do kitesurf), lagoas e dunas. O acesso é um pouco difícil, mas vale muito a pena. Para chegar lá a partir de São Luís ou Barreirinhas, só de veículo 4×4 ou de barco. 
  • Rio Preguiças (MA) – O Passeio pelo Rio Preguiças pode ser feito a partir de Barreirinhas, neste caso o foco é o pedaço dos Lençóis Maranhenses. Quem vai do Piauí, pode fazer o passeio para chegar em Barreirinhas e de quebra visitar o povoado de Vassouras e o Farol Mandacaru, onde é possível subir para ter uma vista panorâmica da região. O visual do rio é fantástico e o pôr do sol também. Aliás, na viagem à Rota das Emoções o que não faltam são pores do sol incríveis.
  • Praia do Amor (MA) – Deserta, rústica, com dunas que soterraram o mangue. Localizada em Tutóia, a Praia do Amor é uma das mais belas praias em mar aberto do Maranhão. Você pode conhecê-la no passeio de quadriciclo ou buggy pelas praias da região.
  • Delta do Parnaíba (PI) – Um dos pontos altos da rota, O terceiro maior delta do mundo e o único em mar aberto das Américas, o Delta do Parnaíba é um passeio encantador. É formado por mais de 80 ilhas e dunas que os ventos fazem e desfazem. O passeio encerra na Revoada dos Guarás, ao cair da tarde, com um toque de emoção.
  • Revoada do Guarás (PI) – A Revoada dos Guarás, no Delta do Parnaíba, é um dos momentos mais emocionantes da Rota das Emoções. Todos os dias, por volta das cinco da tarde, os guarás voam para seu refúgio noturno. Eles vêm de várias direções diferentes e vão se juntando em uma revoada linda. Enquanto isso dezenas de barquinhos de turistas observam o fenômeno em absoluto silêncio, curtindo o voar sublime das aves avermelhadas. Inclusive, durante o tour, os viajantes aprendem que os guarás nascem pretos e adquirem a coloração avermelhada de tanto comer caranguejos. 
  • Praia do Coqueiro (PI) – É considerada uma das melhores e mais belas praias da cidade de Luís Correia. Nos fins de semana, ela fica bem movimentada e recebe muitos visitantes dos municípios vizinhos. A praia tem esse nome porque fica em uma vila cheia de coqueiros, com muitas casas de veraneio, hotéis e barracas de praia. Na maré baixa, algumas piscinas naturais se formam nos corais dando um novo toque ao cenário.  
  • Parque Nacional de Jericoacoara (CE) – Administrado pelo Instituto Chico Mendes, o Parque Nacional de Jericoacoara é um lugar rico em belezas naturais, onde construções são proibidas. A Pedra Furada é uma de suas grandes atrações, assim como o Morro do Serrote, onde está localizado o farol. Seu território é repleto de dunas, inclusive a famosa Duna do Pôr do Sol, “point” dos visitantes nos fins de tarde. 
  • Praia de Jericoacoara (CE) – A Praia de Jericoacoara é a praia principal e fica bem no centrinho da vila. Ela tem uma grande faixa de areia e um mar com ondas suaves. A infraestrutura é excelente, com vários bares e restaurantes à beira-mar. O lado leste da praia é bastante frequentado pelos praticantes de kitesurf, pois é nele que está autorizado a prática do esporte. Já na área oeste, nas proximidades da Duna do Pôr do Sol, ficam os praticantes de windsurf.
  • Praia Malhada (CE) – Caminhado por aproximadamente 10 minutos para o canto direito da Praia Principal se chega à Praia Malhada, um lugar para aqueles que querem passar um dia menos agitado. Além do mar, é possível se banhar em algumas piscinas naturais formadas entre as rochas da região. Como não há estrutura na praia, é necessário que o turista leve o que for preciso para passar o dia nela. 
  • Praia do Preá (CE) – Localizada no município de Cruz, na Vila do Preá, um vilarejo vizinho de Jericoacoara, essa praia tem ventos fortes e, por isso, atrai os praticantes de kitesurf e de vela. É um local mais urbanizado que Jericoacoara, porém com menos opções de entretenimento.
  • Trilha em Chaval (CE) – Quase na divisa entre o Ceará e Piauí, Chaval é conhecida como a Cidade das Pedras por suas formações rochosas. Ainda não tão explorada pelos turistas, a Trilha das Carnaúbas é uma ótima parada pela Rota das Emoções. A trilha não exige muito preparo físico, a subida não é tão íngreme e as vistas valem cada passo caminhado. Lá de cima, você verá os dois estados em um visual lindo.   
  • Praias de Camocim (CE) – São 60 km de praias em Camocim, incluindo a Ilha do Amor, Tajatuba e Guriú. Algumas praias são desertas e com difícil acesso. A Praia Barra dos Remédios, uma das mais belas do litoral cearense, tem dunas e o encontro da água do rio com o mar. Para chegar na Barra dos Remédios, o acesso é feito de bugre ou 4×4. Já a Praia de Maceió é ótima para quem pratica kitesurf. Camocim é desses lugares não tão famosos, mas que vale a pena incluir no roteiro.

Veja também: Pontos turísticos de Rota das Emoções

Ecoturismo em Rota das Emoções

Trilha do Chaval - Ceará
Trilha do Chaval – Ceará

Para quem ama a natureza, seu lugar é aqui!

A Rota das Emoções é um circuito que envolve praias, aventura e ecoturismo com muita emoção, como o próprio nome já diz. Seu ecossistema variado permite ao turista conhecer rios, mangues, lagoas de águas cristalinas, trilhas por dunas e áreas verdes, além de praticar esportes e interagir com a cultura local dos vilarejos. 

  • Kitesurf – Há um fator que movimenta bastante o turismo na Rota das Emoções durante o segundo semestre: o vento. O destino reúne condições favoráveis, imagens fantásticas e boa estrutura para a prática do esporte. Não é à toa que alguns picos da rota estão incluídos nos principais downwinds do país. Entre as principais praias para a prática de kitesurf na região, podemos destacar a Praia do Preá e a Praia de Jericoacoara, no Ceará, a Praia de Barra Grande, no Piauí e a Praia de Atins, no Maranhão.
  • Canoagem (MA) – Em Barreirinhas, não hesite em fazer um tour pelo Rio Preguiças. O passeio de canoagem inicia em Barreirinhas às 04 horas e é realizado no Rio Preguiças, no trecho entre praia do Caburé e Povoado São Domingos. É uma forma diferente de se conectar com a natureza e com a cultura local das comunidades ribeirinhas dos Lençóis Maranhenses, além de uma atividade física, é claro.
  • Delta noturno focagem de jacaré (PI) – Saindo à noite (o horário exato depende da maré), percorre-se o canal de Tatus e o Rio Parnaíba até o Igarapé dos Poldros onde se encontram os jacarés tingas. Encandeados pela luz das lanternas, os animais ficam estáticos há poucos metros de distância da embarcação, que oferece a segurança que os viajantes necessitam.
  • Delta Safári – Baía do Feijão Bravo (PI) – Chegando ao Porto de Tatus, o turista embarca em lancha rápida pelo labirinto de ilhas do Delta do Parnaíba. Há uma breve parada para fotos nas dunas da Ilha Grande de Santa Izabel. O tour explora o Igarapé dos Periquitos, seguindo seu estreito canal ladeado por diversas vegetações de mangue. Neste igarapé será feita a cata do caranguejo, onde o piloto-guia enfia-se na lama do mangue trazendo consigo o caranguejo-uçá, iguaria da culinária local. Depois é hora de percorrer o Igarapé dos Poldros, onde é comum a avistagem de animais tais como macacos, jacarés, iguanas além de pássaros diversos. O desembarque acontece na cadeia de dunas do Feijão Bravo. De um lado o viajante vê uma praia de rio e do outro uma linda praia oceânica, banhada pelo Atlântico.
  • Passeio de quadriciclo nas lagoas (CE) – Em Jericoacoara, o passeio inicia às 09h30 com destino ao litoral leste, seguindo para a Árvore da Preguiça. Depois passa pela Praia do Riacho Doce, Praia do Preá, Lagoa Azul e então segue para a famosa Lagoa do Paraíso, onde o turista almoça (não incluso). Às 15h30 é tempo de deixar a lagoa e retornar à vila. Cada quadriciclo leva até duas pessoas.
  • Sandboard (CE) – Um esporte que consiste em descer dunas de areia, com a utilização de uma prancha similar à prancha de snowboard, usada na neve, o sandboard é bem comum em Jericoacoara. Ideal para toda a família, é uma atividade que promove bastante diversão. Você pode não somente alugar a prancha para descer pelas dunas, como também fazer uma aula de snowboard. A Vem pra Jeri oferece uma aula de duração total de 2 horas na Duna do Pôr do Sol, sendo 20 minutos de parte teórica sobre sandboard e a importância do cuidado com o meio ambiente, alongamentos e simulação de movimentos + aula prática, sem limites de descidas. 

Veja também: Ecoturismo na Rota das Emoções

Gastronomia e o que comer na Rota das Emoções

Lagostas e Caranguejos
Lagostas e Caranguejos

Todos os sabores exóticos e tradicionais do nordeste brasileiro

São tantas opções gastronômicas espalhadas pelos 900 Km da Rota das Emoções que não caberiam numa lista. Ao longo do percurso, o turista é agraciado com restaurantes que oferecem uma experiência da cozinha regional, com pratos elaborados por moradores locais. Esses são pessoas comuns, que, como qualquer cozinheiro nordestino, conhece os segredos dos temperos e produtos frescos passados de geração em geração.

Para quem não abre mão de pratos mais sofisticados, há restaurantes da alta gastronomia por toda a rota. Além disso, há opções da culinária internacional para todos os paladares e bolsos. 

Como em qualquer lugar, a Rota das Emoções também tem aquelas comidas imperdíveis, dignas de serem saboreadas durante a viagem. O camarão no abacaxi é uma delas, disponível no Restaurante da Sese, em Atins. Também em Atins, o camarão grelhado do Seu Antônio ou da Luzia são os mais famosos de toda a região. 

Outra excelente pedida e que combina super com o Nordeste são as lagostas. Pois saiba que as melhores da rota estão em Santo Amaro. A experiência em Santo Amaro fica completa com o espaguete ao vôngole, muito popular na cozinha italiana. Já o caranguejo na Ilha do Caju, no Delta do Parnaíba, além de prato típico local, é uma oportunidade do turista aprender ao vivo como se cata caranguejo no mangue.

Restaurantes em Rota das Emoções

  • Mangue Restaurante – R. Conrado Ataíde, Centro, Barreirinhas – MA 
  • Restaurante da Sese – Rua Nova S/N perto da R. Principal, Atins, Barreirinhas – MA
  • Ponto do Churrasco – Av. Dr. Paulo Ramos, Paulino Neves – MA 
  • Makaio Poké Bar – Rua Principal, Centro, Jijoca de Jericoacoara – CE 
  • Restaurante Tamarindo – Travessa Ismael S/N, Praia de Jericoacoara – CE
  • Ponto 10 – Rua José Maria Veras, 54, Centro, Camocim – CE 
  • Restaurante Prato da Hora – Rua Nossa Senhora de Lourdes, Centro, Chaval – CE
  • Mangata – Av. São Sebastião, 3900, Frei Higino, Parnaíba – PI
  • O Alemão – Avenida Piaui, 2467 Centro, Luís Correia, PI
  • Buxin Xei – R. Pontal da Barra, Cajueiro da Praia – PI 

Veja também: Onde comer em Rota das Emoções 

Pousadas e Hotéis em Rota das Emoções 

Pousada Vila Mares em Barra Grande - Maranhão
Pousada Vila Mares em Barra Grande – Maranhão

Sinta-se em casa com as melhores acomodações!

Há muitas opções de hospedagens na Rota das Emoções e uma delas vai caber no seu bolso. A escolha da acomodação vai influenciar muito na sua viagem, seja pelo custo financeiro ou pelo valor de experiências, sejam elas culturais, históricas, gastronômicas.

Você pode optar por pousadas mais simples e até hostels ou por pousadas de charme, mais completas.  

Além disso, há hotéis e pousadas próximos dos principais pontos turísticos de cada cidade como a Pedra Furada, no Ceará, o Delta do Parnaíba, no Piauí, e os Lençóis Maranhenses, no Maranhão.

Pousadas e Hotéis em Rota das Emoções

  • Pousada Surfing Jeri – R. São Francisco, 150, Jijoca de Jericoacoara – CE 
  • My Blue Hotel – Tv. Ismael, s/n, Jijoca de Jericoacoara – CE 
  • Pousada Vila Mares – Rua Jonas Marques da Silveira Praia de Maceió, Camocim/CE  
  • Pousada BGK – R. Pontal da Barra, 205, Cajueiro da Praia – PI  
  • Manatí Hotel – R. Pontal da Barra, 479, Cajueiro da Praia – PI
  • Arrey Hotel Beach – BR-343, s/n – Reis Veloso, Parnaíba – PI  
  • Pousada Vila Parnaíba – R. Monsenhor Joaquim Lopes, 500 – N. Sra. Do Carmo, Parnaíba – PI 
  • Orla Náutica Pousada – Rua Sítio Cantinho n 1, Estr. do Carnaubal, Barreirinhas – MA
  • Tutóia Pousada Jagatá – Praia da Andreza – Av. Beira Mar, 1000 – Barra, Tutóia – MA

Veja também: Hotelaria na Rota das Emoções

Passeios em Rota das Emoções

Duna do pôr do sol - Jericoacoara -Ceará
Duna do pôr do sol – Jericoacoara -Ceará

Passeios divertidíssimos e inesqucíveis

Um roteiro pelas praias mais lindas do Nordeste do Brasil, com direito a passeios de lancha, canoa, buggy, bicicleta, além de esportes náuticos, contato com a fauna e flora local e muito mais.

Tudo isso em meio a cenários exuberantes. O que não faltam são atrações na Rota das Emoções e tem para todos os gostos e idades. 

  • Sobrevoo pelos Lençóis Maranhenses (MA)  – O sobrevoo pelos Lençóis Maranhenses tem algumas rotas possíveis e o turista escolhe a que quer percorrer. Numa delas, é possível avistar o Rio Preguiças, Vassouras, Mandacaru, Caburé, Pequenos Lençóis, Parque Eólico, Atins e vários lençóis. Da loja da empresa, os passageiros são levados até o aeroporto de Barreirinhas. O avião é pequeno e cabem, em média, quatro pessoas. O passeio tem duração total de 30 minutos. Lá de cima, você se perde ao olhar tantas dunas. O passeio é da Voar Fotografia Aérea.
  • Passeio em 4×4 à Lagoa Azul e dos Peixes (MA) – A Lagoa Azul é uma das mais belas do Parque dos Lençóis Maranhenses e também uma das mais profundas. No passeio de 4×4, o viajante também passa pela Lagoa da Preguiça, Lagoa Esmeralda e, um pouco mais a frente, pela Lagoa dos Peixes.
  • City Tour Histórico em Parnaíba (PI) – Neste city tour, um guia leva os turistas para uma viagem pela história de Parnaíba, revelando um passado cheio de riquezas surpreendentes. O roteiro inclui visita a monumentos históricos como: Museu do Trem, Igreja Santo Antônio, Praça Santo Antônio,  Cajueiro Humberto de Campos, Praça da Graça,  Igreja da Matriz – Nossa Senhora da Graça,  Igreja do Rosário,  Casarão da Família Dias da Silva, Casa Inglesa, Casarão de Dona  Auta,  Casarão de Azulejos  e Porto das Barcas.
  • Passeio de canoa e charrete para observação de cavalos-marinhos (PI) – Este é um dos passeios mais procurados em Barra Grande. Nele o turista verá as belas águas do mangue onde estão os coloridos cavalos-marinhos.
  • Travessia de bike em Jeri (CE) –  O tour convida você para explorar o Parque Nacional de Jericoacoara de uma maneira única, por locais onde somente é possível conhecer através de bicicletas, e o mais importante, respeitando o meio ambiente. Todos os trajetos são conduzidos por guias treinados que possuem um amplo conhecimento de toda região. Há a opção de trilhas guiadas, aluguel diário de bikes, além de travessias pelo Parque. Na travessia, o cliente monta o trajeto que deseja e o valor varia de acordo com o trajeto montando.
  • Passeio de buggy para Tatajuba (CE) – Saindo de Jericoacoara com destino ao litoral oeste, o turista passa pela praia principal e praia do Mangue Seco, onde há uma parada para o passeio de barco para ver os cavalos-marinhos (opcional). É feita a travessia de balsa no Rio Guriú. Depois são percorridos 10 Km pelas dunas onde tem tirolesa e toboágua (opcionais). Por fim, a chegada no Lago Grande. O buggy leva até quatro pessoas.

Veja também: Passeios na Rota das Emoções

Quanto custa viajar para a Rota das Emoções?

Lagoa de camocim, Barra dos Remédios, Ceará
Lagoa de camocim, Barra dos Remédios, Ceará

Conhecer o paraíso pode ser mais barato do que você imagina!

A Rota das Emoções compreende os municípios de: Jijoca de Jericoacoara, Barroquinha, Camocim, Chaval e Cruz, no Ceará; Parnaíba, Ilha Grande, Luís Correia e Cajueiro da Praia (Barra Grande), no Piauí; Barreirinhas, Paulino Neves, Araióses, Tutóia e Santo Amaro do Maranhão, no Maranhão. 

A viagem pode começar pelo Maranhão, seguindo pelo Piauí e terminando no Ceará ou o oposto: iniciando no Ceará, continuando pelo Piauí e encerrando no Maranhão. Partindo do Aeroporto Internacional de Fortaleza para Jericoacoara são 300 Km. Já do Aeroporto Internacional de São Luís do Maranhão para os Lençóis Maranhenses a distância é de 250 Km.

A melhor escolha é desembarcar em alguma das capitais e seguir de carro (alugado), transfer ou ônibus para os destinos do circuito.

  • Passagens – São Luís -> Barreirinhas: R$50,00 / Fortaleza -> Jijoca de Jericoacoara: R$62,00
  • Aluguel de carro – Categoria econômica Sedan R$104,00 a diária / veículos SUV R$146,00 a diária (preço médio para mínimo de 7 dias).
  • Passeios – Os passeios leste de buggy (4 pessoas) ou quadriciclo (2 pessoas) em Jericoacoara custam em média R$300,00, enquanto os passeios oeste ficam em torno de R$350,00. Um passeio para Atins com carro 4×4 custa em média R130,00. Já o passeio de lancha pelo Delta do Parnaíba sai a R$175,00 por pessoa.
  • Hospedagens – Há muitas opções de acomodação: desde hotéis mais caros a pousadas e hostels mais simples. Em Jeri, por exemplo, você encontra hotéis luxuosos 5 estrelas com diárias acima de mil reais, bem como boas pousadas 3 estrelas a partir de R180,00 a diária.

Obs.: Vale a pena alugar um carro? Como a retirada acontece em um estado e a devolução em outro, o custo do aluguel acaba ficando um pouco mais caro do que a média. 

Valor total para viajar para a Rota das Emoções

Estima-se que numa viagem de 7 dias para a Rota das Emoções você precise ter, em média, de R$4.500,00 a R$6.000,00 (exceto as passagens aéreas). Isso em acomodações mais econômicas.

Veja também: Quanto custa viajar para a Rota das Emoções.

iFriend: Guia de viagem na Rota das Emoções

Lagoa do Camocim, Barra dos Remédios Ceará
Lagoa do Camocim, Barra dos Remédios Ceará

Escolher um guia de viagem para acompanhá-lo em alguns passeios e roteiros pode ser a melhor opção para você aproveitar ao máximo a cidade.

Veja também: Contrate um iFriend na Rota das Emoções!

Lagoa da Gaivota - Santo Amaro - Maranhão
Lagoa da Gaivota – Santo Amaro – Maranhão

Rota das Emoções, o circuito imperdível do Nordeste brasileiro, espera sua visita!

iFriend. Find a friend, enjoy the ride.

O que achou?

Média 0 / 5. Votos: 0

Que tal?