HomeGuia de viagem de Pisa

Guia de viagem de Pisa

Pisa, Ioscana, Italia
Nesse guia de viagem você conhecerá muito mais sobre a cidade de Pisa do que a sua icônica Torre Inclinada, confira!

Pisa é uma das cidades mais famosas da região da Toscana, na Itália. Os visitantes costumam parar em Pisa durante a viagem para Florença.

Pisa está localizada na costa oeste da Itália, a cidade está distante apenas 20 minutos do Mar da Ligúria e oferece excelentes conexões de transporte para Florença, Livorno e La Spezia.

Quem viaja para Pisa e às cidades da Toscana deve estar ciente que é um roteiro repleto de história medieval, relíquias que marcam as raízes da história ocidental.

A população de Pisa é de apenas 91.000 habitantes – uma das menores cidades da região da Toscana, na Itália, mas historicamente tem sido uma das mais importantes e influentes.

A partir do século XI, Pisa ganhou destaque, se tornando uma das principais repúblicas marítimas da Itália. A expansão marítima deu margens ao crescimento da população e muitos investimentos foram feitos na cidade para melhorar sua infraestrutura. Nisso, os monumentos mundialmente famosos que ainda existem.

Vocação turística

Pisa é uma cidade fantástica para se hospedar e oferece muito mais locais do que apenas sua lendária torre inclinada.

A economia de Pisa é baseada no transporte marítimo, seus portos datam do século XI e do turismo, com infraestrutura bem desenvolvida e eficiente.

As praias são agradáveis, urbanas, próprias para socializar mediante a uma taxa de entrada. Algumas têm formações rochosas e excelente infraestrutura turística.    

Destaques

A cidade do gênio Galileu GalileiAs Torres de Pisa Pizza a metro!
Galileu Galilei foi personalidade fundamental na revolução científica. Desenvolveu os primeiros estudos do movimento uniformemente acelerado e pendular. Criou o telescópio, Descobriu a lei dos corpos e enunciou o princípio da inércia e o conceito de referencial inercial e foi o primeiro cientista a afirmar sobre o movimento de rotação da terra em torno do sol (pelo que foi ameaçado pelo tribunal da inquisição em 1616Em pisa não há apenas uma ou duas torres, mas três torres inclinadas. O mais conhecido está localizado na Piazza del Duomo, mas também o campanário da igreja de San Nicola e o terceiro é a torre do sino da igreja de San Michele degli Scalzi, a igreja inclinada.Em Pisa tem pizza sim,  a metro! Longe do formato redondo das tradicionais pizzas mundialmente conhecidas em Pisa você poderá comer uma pizza a metro! 

O que fazer em Pisa

Torre de Pisa

Pisa é uma cidade cheia de joias da arquitetura. Você vai se surpreender com os roteiros que preparamos para você conhecer a cidade de Pisa. Para que essa experiência seja muito mais rica e proveitosa nada melhor do que a companhia de um iFriend!

Primeiro dia

Você se sentirá muito à vontade na Piazza dei Miracoli, onde se encontram o Duomo e a Torre inclinada de Pisa. Tome café num bar local e sente-se numa das inúmeras mesinhas espalhadas pela praça. Seu passeio começa com a ida ao  Museo dell´Opera del Duomo, diariamente de 9 às 19h.

Depois da ida ao museu, siga para o Cemitério Monumental, um lugar cheio de história – de acordo com alguns registros os cavaleiros cruzados trouxeram aqui a terra sagrada tomada no Monte Gólgota (onde Jesus foi crucificado).  Depois do almoço em algum dos melhores ristorantes de Pisa, vá ao Batistério datado de 1153, considerado o maior da Itália e confira sua obra monumental, repleta de detalhes artísticos em seus arcos, portais e esculturas. 

Na parte da tarde, você poderá conferir a Catedral de Santa Maria Assunta e uma de suas lendas, a das “unhas do diabo no Duomo”, nasceu da presença de muitos buracos em um pedaço de mármore da parede externa do Duomo, na fachada que dá para o Camposanto. Segundo a lenda, o demônio teve tanto ciúme da beleza da praça que tentou destruí-la, mas um anjo conseguiu detê-la. Os únicos danos que conseguiu causar são precisamente os furos na parede.

Como última atração do dia, o símbolo da cidade, a Torre de Pisa. Construída em 1173, começou a declinar imediatamente e hoje tem cerca de 4 metros de declive. Na torre, no campanário, há 7 sinos, um deles é o sino de San Ranieri, também chamado de “sino do traidor”, pois, na Idade Média, sempre se fazia soar para avisar que logo depois seria execução por traição. 

À noite, jante num bom restaurante de comidas típicas e aproveite para passear pelo centro histórico iluminado.

Segundo dia

Aproveite o segundo dia para conhecer o Museu Nacional do Palácio Real. O edifício foi construído em 1159, mas foi reconstruído a pedido da família Medici, entre 1593 e 1587 – o acervo reúne obras de grandes artistas como Raphael, Canova e Guido Reni.

Em seus lados estão a Igreja de San Nicola, uma das torres inclinadas de Pisa, e a Casa delle Vedove do século XIII. Caminhe pelo Lungarno Antonio Pacinotti, onde você chegará à Piazza Garibaldi, onde começa o Borgo Stretto, um dos bairros mais antigos de Pisa – Repleta de arcadas e palácios que datam dos séculos XIV e XV – um local perfeito para fotos apaixonantes! Nesse bairro, está a Igreja de San Michele in Borgo, construída entre os séculos X e XI sobre as ruínas de um templo romano.

Almoce no Borgo Stretto. Em seguida, vá para a Piazza dei Cavalieri, uma das praças mais importantes da cidade, do século XI, onde se reunião os Cavaleiros Cruzados da Ordem de Santo Estêvão. Grande parte dos monumentos tem vist para a praça, como o Palazzo Caranova e a Torre do Relógio.

À noite que tal um sorvete? Não se esqueça de provar os melhores gelatos italianos nas mesinhas do centro histórico!

Terceiro dia

Acorde cedo e tome café na margem oposta do Arno. Aproveite para contemplar o belíssimo mural “Tuttomondo” de Keith Haring . Este enorme mural, desenhado na fachada do convento dos frades da Igreja de Sant’Antonio e construído em apenas uma semana, Nesse mural há 30 pessoas estilizadas, de diferentes cores, que se encaixam e se entrelaçam, levando a mensagem de paz. Esta homenagem está localizada a poucos metros da Piazza Vittorio Emanuele II, praça dedicada ao primeiro rei da Itália, cuja enorme estátua, datada de 1890, no canteiro central.

Saindo da praça, vá para a Igreja de Santa Maria della Spina, uma pequena igreja de estilo gótico, construída no século XIII. De lá, vá ao Palazzo Blu, e visite a coleção permanente de arte italiana e exposições temporárias de vários temas. As pequenas ruas atrás do Palazzo Blu ficam repletas de bares e restaurantes – almoce por lá.

À tarde, você deve visitar o Museu Gráfico de Pisa, instalado no Palazzo Lanfranchi, que leva o nome da família que ali vivia desde 1538. Os Lanfranchi, família pertencente à primeira aristocracia consular Pisan.

À noite, na bela Piazza Garibaldi, escolha um dos bares e prove das bebidas e da noite alegre da cidade.

Roteiro mais dias

As mais belas praias, passeios de barco pelo rio Arno, de balão e muito mais. Não se restrinja a cidade de Pisa – dela você pode conhecer as cidades de Florença, Siena e Assis. Roteiros históricos, turismo religioso, enoturismo, paisagens naturais. Sempre há uma atividade incrível na imensa região da Toscana.

Veja também: O que fazer em Pisa

Quando visitar Pisa

Rio Arno, Pisa, Italia

Pisa tem as estações do ano muito bem definidas, bem como todas as cidades da região da Toscana. Portanto, atenção na hora de planejar sua viagem e não deixar de fora o que mais precisa. A iluminação natural em cada estação do ano propicia cenários apaixonantes e diferenciados.

  • Primavera: de março a junho;
  • Verão: de julho a setembro (costuma ser bem quente);
  • Outono: de setembro a dezembro (O clima é mais ameno);
  • Inverno: de dezembro a março. (dias e noites muito frios, especialmente em dezembro)

Alta temporada

  • Prós: Conhecer muitas pessoas, de diferentes países e culturas, há uma profusão de visitantes de diversos lugares. Grande variedade de atrações, muitas pessoas nas ruas e nos eventos, bares, passeios.
  • Contras: A alta temporada compreende preços menos atrativos. Lugares lotados, ingressos esgotados, variação de preços em hotéis e passagens aéreas.

Baixa temporada

  • Prós: Os lugares estão mais vazios, valores mais acessíveis, ingressos disponíveis. Bares e restaurantes com serviços diferenciados.
  • Contras: Não há muitos eventos na baixa temporada, há uma tendência em encontrar a cidade mais vazia e com isso, menos turisticamente atraente.

Leia também: Quando visitar Pisa

Gastronomia e o que comer em Pisa

Tripa alla Pisana - Pisa, Italia

Nem só de lasanha vive a Itália e como em toda a região da Toscana!

A culinária de Pisa é uma culinária simples, que combina receitas de frutos do mar e legumes, pratos simples com o pão toscano (o pão sem sal) essencial em todas as refeições. Outro alimento muito valioso em Pisa é a trufa. Não subestime os vinhos e azeites de oliva locais, eles estão entre os mais famosos da Toscana.

Nisso você deve provar as sopas e cozidos como o Minestra di pane e ribollita – Sopa de pão e legumes, risoto pisano aromatizado por trufas e raspas de trufas brancas e pratos exóticos como a tripa alla pisana – a famosa dobradinha preparada com cebola, tomate e bacon.

Mas, se você está procurando pela legítima pizza a metro, você vai encontrar em Pisa – uma pizza a metro dá para 5 pessoas! 

Alguns restaurantes de Pisa:

Comida Tradicional

  • Ristorante Trattoria da Mario – Via Luigi Bianchi, 19, 56123.
  • Peperontino – Via Santa Maria, 95, 56126
  • Ristorante Neccio – Via Livornese, 122, 56122
  • Osteria dei Cavaliere – Via S. Frediano, 16, 56126
  • Osteria in Domo – Via Santa Maria, 129, 56126 
  • Le Scuderie –Via Simone Sancasciani, 1, 56125
  • San Domenico Italian Bistro – Corte San Domenico, Corso Italia, 139, 56125
  • Ristoro Pecorino – Via Santa Maria, 157, 56126

Frutos do Mar

  • La Scaletta – Via Pietrasantina, 107, 56122
  • Osteria Le Repubbliche Marinare Pisa –  Vicolo Ricciardi, 8, 56125
  • Osteria da Simone – Via Livornese, 478, 56122 
  • Off Fish – Officina del Mare – Via Mercanti, 3a, 56127

Veja também: Onde comer em Pisa

Pontos turísticos em Pisa

Museu Duomo, Pisa
Museo Duomo

Pisa possui grande variedade de belos edifícios históricos e, de fato, possui mais de 20 igrejas históricas.

Além disso, Pisa tem alguns museus de renome mundial e belas paisagens as margens do Rio Arno. Esta cidade histórica vale muito mais do que uma visita rápida e serve como uma excelente base para quem deseja explorar esta região da Toscana.

  • Torre de Pisa – Construída no século XII, logo se descobriu que as fundações eram instáveis ​​e o prédio começou a se inclinar. Você pode tirar fotos engraçadas e subir ao topo da torre para ter uma visão inclinada da cidade ao redor.
  • Catedral de Santa Maria Assunta – Catedral construída no século XI e concluída em 1092. A fachada frontal da catedral é ornamentada com uma série de belos arcos de pedra e mármore e três imensas portas de bronze.
  • Batistério de Pisa – uma imensa estrutura de 54 metros de altura, com um design exterior deslumbrante. Muitas estátuas, arcos e decoração diferentes.
  • Museu Nacional de Pisa – é o museu mais valioso da cidade e apresenta alguns artefatos e esculturas impressionantes. O acervo inclui esculturas originais da Catedral e do Batistério e algumas pinturas maravilhosas que datam dos séculos XII e XIII.
  • Igreja de Santa Maria della Spina – Essa igrejinha linda do século XIII está situada na margem esquerda do rio Arno, em frente ao Museu Nacional de Pisa.
  • Palazzo dei Cavalieri – Um belo palácio que é a atração central da cidade depois da Torre de Pisa. Foi construído no século XVI e era originalmente quartel dos Cavaleiros de Santo Estêvão.
  • Museo dell’Opera del Duomo – um dos museus menos visitados da cidade guarda relíquias da fundação da cidade e sua tradição naval. Está localizado na Piazza dei Miracoli e oferece vistas fantásticas da torre inclinada de suas janelas do segundo andar.
  • Borgo Stretto – Esta rua encantadora está localizada no coração da cidade e começa na Piazza Garibaldi ao lado da Ponte di Mezzo.
  • Torre Guelph – Essa construção do século XV, parte das fortificações defensivas da cidade, está localizada nas margens do Rio Arno e faz parte do antigo complexo da cidadela.
  • Jardim Botânico – da Universidade de Pisa é um lugar maravilhoso para se visitar. Construído no século XVI pela Família Médici, tem grande variedade de plantas, árvores, flores e fauna.
  • Ponte Mezzo – Uma das pontes mais importantes de Pisa, que atravessa o Rio Arno e uma visão apaixonante da cidade.

Veja também: Pontos turísticos de Pisa

Praias de Pisa

Cinque Terre, Praia em Pisa, Italia
Cinque Terre, Praia em Pisa, Italia

Pisa fica perto do mar, no entanto, não as melhores praias não se encontram em Pisa / Marina di Pisa, mas em localidades muito próximas.

Todas as praias são muito semelhantes – as praias são geralmente privadas, ou seja, tem de pagar para as usar e não uma pequena quantia de dinheiro (cerca de 30 euros para duas cadeiras ou espreguiçadeiras e um guarda-chuva).

As praias são enormes e literalmente se estendem infinitamente ao longo da costa. Cada praia costuma ter restaurante, muitas espreguiçadeiras, estacionamento e, às vezes, até piscina ou quadra de tênis.

Algumas praias mais famosas:

  • Cinque Terre – Essa é a praia mais próxima de Pisa e uma das mais bonitas. Praias rochosas, belas vilas e clima festivo.
  • Monterosso al Mare – Esse bairro tem muitas praias mais populares, onde você pode alugar espreguiçadeiras com guarda-sóis a 28 euros em média.
  • Viareggio – Um balneário grande muito procurado por quem vem de Pisa e Florença – você chega nela de carro ou de trem! Tem ampla rede de restaurantes e hotéis.
  • Marina di Pietrasanta – é uma cidade litorânea adorável e alegre, mas é um pouco mais difícil de chegar lá. Você precisa pegar um ônibus na estação de trem.
  • Forte Dei Marmi – é o lugar mais luxuoso de Versilia e fica perto de Pisa e Florença – tem cabanas, espreguiçadeiras confortáveis, restaurantes de luxo – você paga em média 50 euros.

Veja também: Curta experiências pelo mundo!

Passeios em Pisa

Há algumas experiências realmente marcantes em Pisa como visitar a Torre de Pisa, as igrejas seculares entre outros prédios históricos.

Passeio pelo Rio Arno

O Rio Arno é um dos principais rios da Itália e Pisa foi construída em torno deste curso de água. Este rio se estende por 241km e tem sua nascente no Monte Falterona. Um passeio de barco pelo Rio Arno vai proporcionar momentos de relaxamento, em paisagens belíssimas.

Visita guiada pelos pontos turísticos de Pisa

Explore a Praça dos Milagres numa excursão guiada em português – descortine cenários deslumbrantes como a Catedral, o Batistério e a famosa Torre de Pisa.

Passeio de trem pelas cidades vizinhas

Saindo de Florença, você partirá da principal estação ferroviária de Santa Maria Novella. Após 1 hora, você chegará à estação de Pisa antes de encontrar seu guia para uma excursão em grupo pela praça principal, a Piazza dei Miracoli.

Veja também: Passeios em Pisa

Em Pisa com um iFriend!

Viva mais experiências incríveis em Pisa com os iFriends!

Uma viagem a Pisa não estará completa sem a companhia de um guia local e os iFriends possibilitarão uma viagem muito mais completa, com roteiros personalizados mostrando o melhor da cidade de Pisa: os melhores roteiros, curiosidades e momentos incríveis!

  • GiulianaGuia ítalo-brasileira oficial em toda Itália. Com ela você terá passeios personalizados com a cara da Toscana!
  • Maurizio –  Guia italiano, fala inglês, francês e espanhol e vai te ensinar sobre todas as peculiaridades das cidades da Toscana como Pisa, Florença e muito mais.
  • LilianGuia brasileira oficial na Itália, vai te levar numa viagem de costumes e história pelas cidades próximas a Pisa. Fala português, inglês e italiano. 

Conheça outros iFriends da cidade de Pisa e tenha experiências únicas conhecendo os principais pontos da cidade com a melhor companhia!

Rio Arno, vista Piazza centrale

Pisa, a Pequena joia da Toscana, Itália, aguarda sua visita!

iFriend. Find a friend, enjoy the ride.

Que tal?