HomeGuia de viagem Nova Iorque

Guia de viagem Nova Iorque

Nova Iorque
Você vai adorar conhecer Nova Iorque neste guia completo!
0
(0)

A badalada metrópole de Nova Iorque, nos Estados Unidos, é imensa. Além de ser a mais populosa cidade do país, com mais de 8 milhões de habitantes, é uma das maiores do planeta.

A Big Apple, como é conhecida, é também o destino favorito de muito viajante, inclusive os brasileiros. No ano de 2019, Nova Iorque ocupou o posto de cidade mais visitada da terrinha norte-americana pelo 9º ano consecutivo.

Formada por cinco distritos (Manhattan, Staten Island, Queens, Brooklyn e Bronx), Nova Iorque se caracteriza não somente por ser um dos mais importantes pólos econômicos do mundo, mas também por oferecer inesgotáveis opções culturais e de entretenimento.

Vocação turística de Nova Iorque

A “cidade que nunca dorme” tem tantas atrações e atividades que fica quase impossível fazer tudo numa só viagem. Em Nova Iorque você vai visitar os museus, aproveitar os parques, subir nos observatórios, explorar os distritos e bairros, assistir a eventos esportivos. Ah, e ainda tem a Broadway, a Times Square e os restaurantes e cafeterias mais desejados do mundo inteiro. É de ficar boquiaberto mesmo.

Pelas inúmeras atrações oferecidas e pelo fato de o dólar estar nas alturas, é importante planejar bem todos os detalhes dessa viagem. O planejamento financeiro é muito importante, mas sua viagem pode sair mais cara ou mais barata, dependendo do seu estilo e necessidades. Uma dica é comprar o aéreo (Nova Iorque sempre está no radar de promoções de sites de passagens) e reservar a hospedagem com antecedência. 

Outra recomendação é estar sempre com seu celular em mãos para se localizar na cidade. Na Big Apple você vai andar, e muito! Porém, é importante estar conectado para saber se vale a pena andar de um ponto a outro e não sair no prejuízo.

O sistema de transporte público de Nova Iorque é muito eficiente e tem um preço bastante acessível. Metrô e ônibus são os principais meios de locomoção coletiva, com centenas de linhas, estações e pontos de paradas.

Veja também: Por que você deve visitar Nova Iorque?

O que fazer em Nova Iorque?

Times Square - Nova Iorque
Times Square – Nova Iorque

It´s up to you, New York, New York!

Uma das metrópoles mais legais do mundo, Nova Iorque tem o poder de sempre se reinventar e oferecer novas opções de lazer e novos restaurantes.

Mas como todo destino turístico, ela tem seus cartões-postais que devem estar no seu roteiro, independente de ser a primeira, segunda ou décima visita à cidade. 

A Times Square, o Central Park e a Quinta Avenida estão nessa lista. 

Primeiro dia

Para uma experiência genuinamente americana, quase uma homenagem à esse grandioso país, você deve visitar a Estátua da Liberdade. Símbolo da liberdade e das esperanças dos imigrantes que anualmente tentam realizar o american Dream of life, a Estátua da Liberdade está situada no porto de Nova Iorque, na Ilha da Liberdade.

Faça uma visita ao coração de Nova Iorque, a Times Square. É um sonho de muita gente estar ali e uma bela maneira de começar a viagem. Depois é hora de sair da muvuca e dar uma chegadinha ao Bryant Park, um parque bem famoso, onde fica a Biblioteca Pública de Nova York.  Na mesma região, aproveite para visitar o incrível Grand Central Terminal – a estação central de Nova York, cenário de muitos filmes.

Saindo da Grand Central, você pode passear pela Quinta Avenida, subindo em direção ao Central Park. Você irá passar em frente a várias lojas famosas e algumas atrações, como o Empire State Building, a St. Patrick’s Cathedral e o Rockefeller Center.  

No Rockefeller Center, aproveite o entardecer no Top of The Rock, um observatório que proporciona a vista de um pôr do sol incrível.

À noite é legal voltar a Times Square para jantar e ter uma visão da rua com os telões luminosos. 

Segundo dia

Seu segundo dia vai começar pelo sul da ilha de Manhattan, com a Estação Oculos.  Dentro da estação você vai encontrar lojas, restaurantes, cafés e, claro, ligação com o metrô e também com o Path, sistema de transporte de trens. 

Saindo da estação, não deixe de conhecer o Observatório do One World Trade Center, que fica bem próximo, e o Museu do 11 de Setembro.

Depois, a sugestão é almoçar em Soho. Aproveite para bater perna pelo bairro e conhecer as lojas e boutiques por lá. Na região, está localizado o divertido Museu do Sorvete.

Uma excelente forma de fechar o dia é com o cruzeiro-jantar pelo Hudson River. Durante duas horas, você navegará pelo Hudson River e East River em um iate, enquanto aprecia um jantar com deliciosos pratos e uma vista imbátivel. 

Terceiro dia

Neste dia, se prepare para visitar o outro lado da cidade. Em Greenwich Village, você pode ver o prédio do seriado Friends. Não é possível fazer um tour interno, mas observá-lo e tirar umas fotos já é uma atração e tanto. 

Aproveite para tomar café no The Elk, uma cafeteria cool do bairro, e faça ainda uma visita ao Whitney Museum of American Art

Na região, você encontra também o Chelsea Market, mercado gastronômico com ampla diversidade de lanchonetes, padarias, restaurantes, lojas de bebidas, mercado de especiarias, lojas de roupas, livraria e mais.

Logo atrás do Chelsea Market está o High Line Park, uma mistura de parque suspenso com galeria a céu aberto, um lugar gostoso que você precisa explorar.

Se estiver interessado em compras, bem pertinho dali você chega a Macy’s, uma das principais lojas de departamento de Nova Iorque.

Uma boa pedida para finalizar seu terceiro dia é jantar no mercado gastronômico Eataly Downtown, referência na cidade.

Mais dias 

Para o quarto e último dia, mesmo que você não seja um grande fã de museus, o Museu Americano de História Natural é um programa “must go”. Ele é incrível e bem grande. Você vai passar de 3 a 4 horas fazendo essa visita. 

Após o almoço, emende um passeio no Central Park. No parque, recomendamos passar pelo Strawberry Fields (obra em homenagem a John Lennon), conhecer a ponte Bow Bridge, o zoológico, observar a vida selvagem no The Lake, visitar o Bethesda Terrace e o Bethesda Fountain (o terraço e a fonte que são alguns dos pontos mais famosos).

Para encerrar seu roteiro, uma grande experiência é assistir a um musical da Broadway. Fique atento ao calendário de espetáculos e se programe com antecedência, pois não é fácil conseguir ingresso na hora.

Se quiser dar uma esticadinha, a Hell’s Kitchen é uma região boêmica com muitas opções de restaurantes e bares, pertinho da Broadway.

Veja também: o que fazer em Nova Iorque

Destaques

Popularidade em altaPara todos os gostosUm dos museus mais incríveis do mundo
Nova Iorque é a mais populosa cidade dos EUA, com mais de 8 milhões de habitantes. A Big Apple é também o destino favorito de muito viajante, inclusive os brasileiros. No ano de 2019, Nova Iorque ocupou o posto de cidade mais visitada da terrinha norte-americana pelo 9º ano consecutivo.A Big Apple tem diversos pratos típicos. Do tradicional hot dog repleto de mostarda ao inovador cronut (mix de donut e croissant), encontramos de tudo. A lista engloba pizzas, lasanhas, hambúrgueres, sanduíches de pastrami (carne bovina magra), eggs benedict, bagels, waffles, cupcakes, noodles, cafés gelados e muito mais.Cenário do filme “Uma noite no Museu” (2006), sucesso nas bilheterias dos cinemas, o Museu Americano de História Natural é um dos mais completos do mundo, dispondo da mais vasta coleção de fósseis do planeta.  

Quando visitar Nova Iorque?

Central park - Nova iorque
Central park – Nova iorque

A cidade que nunca dorme fica cheia em qualquer época do ano

Nos Estados Unidos, as estações do ano são inversamente proporcionais ao Brasil. Isto é, enquanto aqui é verão, lá em inverno.

Os meses de alta e baixa temporada em Nova Iorque são relativos, uma vez que a cidade fica cheia durante todo o ano. Porém, ainda assim, existem os meses considerados como alta e baixa temporada por lá. O que ajuda muito a definir qual a melhor época para visitar à Big Apple são os climas, e se você deseja ter vantagens, como economizar, por exemplo. 

Entre os meses de junho a agosto e novembro e dezembro acontece a alta temporada por lá. De junho a agosto é verão, sem contar que julho tem férias escolares, ou seja, a cidade fica mais agitada. Em novembro e dezembro há muitas promoções e as festas de fim de ano, como o Thanksgiving. 

Janeiro a março compreende a baixa temporada, enquanto os outros meses (abril, maio, setembro e outubro) podemos classificar como meia temporada. 

Alta Temporada

  • Prós – O verão é bom para quem não gosta de frio, além de os dias serem mais longos. A cidade fica mais animada e com mais opções de programas. 
  • Contras – Os valores cobrados nos voos e nas hospedagens ficam mais altos.  

Baixa Temporada

  • Prós – As passagens aéreas e diárias nos hotéis ficam com bons preços. Devido à cidade estar menos cheia, as filas dos pontos turísticos serão menores.   
  • Contras – As baixas temperaturas podem ser um incômodo se você não curte muito o frio, chegando até a nevar. 

Veja também: Quando visitar Nova Iorque

Gastronomia e o que comer em Nova Iorque?

Uma cidade repleta de pratos típicos

A tamanha diversidade nas ruas de Nova Iorque se reflete na culinária. Do tradicional hot dog repleto de mostarda ao inovador cronut (mix de donut e croissant), encontramos de tudo.

A lista engloba pizzas, lasanhas, hambúrgueres, sanduíches de pastrami (carne bovina magra), eggs benedict, bagels, waffles, cupcakes, noodles, cafés gelados e muito mais.

São dezenas de opções de comidas baratas e caras que vão te fazer esquecer a ideia de que em Nova Iorque se come mal. 

Restaurantes em Nova Iorque

  • Carmine’s – 200 West 44th Street 
  • Eataly Downtown- 101 Liberty Street, Floor 3 (4 World Trade Center)
  • Pershing Square – 90 East 42nd Street at Park Avenue (em frente à Grand Central)
  • Mercer Kitchen – 99 Prince Street
  •  The Wild Son – 132 1st Avenue  

Veja também: Onde comer em Nova Iorque

Pontos Turísticos de Nova Iorque

Manhattan Island
Manhattan Island

Toda a magia da Big Apple

Por tudo que a cidade tem a oferecer, uma viagem à Nova Iorque é uma verdadeira viagem dos sonhos. Imagine se encontrar em meio a Times Square olhando para aqueles letreiros luminosos enormes. Deve dar até um friozinho na barriga. Pois saiba que a Big Apple tem uma mágica tão grande e cada canto é um encanto.

  • Times Square – Um dos locais mais visitados do mundo é a Times Square. Está localizada no coração de Manhattan, entre a Broadway com a 7ª Avenida e entre as ruas West 42 e West 47, formando o cruzamento mais famoso de Nova Iorque. Os telões gigantes e luminosos, conhecidos mundialmente, ficam acesos 24 horas por dia. O lugar faz parte de uma área comercial com algumas das lojas mais populares do mundo, além de restaurantes que os turistas amam. Na Times Square, a escadaria da TKTS (empresa que vende ingressos para espetáculos da Broadway e off-Broadway por preços promocionais) é muito procurada pelos visitantes, que param para descansar e tirar fotos. 
  • Bryant Park – O Bryant Park é um espaço com diversas atrações durante todo o ano. Ao redor do parque são distribuídas diversas atividades ao ar livre, como mesa de pingue-pongue, petanca (uma espécie de bocha francesa), xadrez, entre outras. No inverno, o gramado do parque vira uma pista de patinação no gelo e você pode alugar seus patins por lá mesmo. Bacana, né? 
  • Grand Central Terminal – O Grand Central Terminal é a maior estação ferroviária do mundo com 44 plataformas que atendem diversas regiões da costa leste americana, inaugurada em 1913. A estação parece um shopping de luxo pela decoração belíssima, lojas e restaurantes. O ícone mais admirável e reconhecido do Grand Central Terminal é o relógio com quatro faces no topo do balcão de informações. Cada face do relógio é feita de opala e seu valor é estimado entre 10 a 20 milhões de dólares.  
  • Estação Oculos – A estação mais cara do mundo, oficialmente chamada de World Trade Center Transportation Hub, chama atenção por sua arquitetura, uma obra do artista espanhol Santiago Calatrava. A estação do One World Trade Center custou cerca de 4 bilhões de dólares e vários anos de atraso. Seu interior impressiona: um gigante salão oval tão branco quanto seu exterior dando uma sensação de infinidade. A Estação Oculus é também um shopping center: Westfield Mall, que abriga mais ou menos 100 lojas e restaurantes. Além disso, dá acesso a linhas de metrô e trem, chegando, inclusive, a Nova Jersey.
  • Chelsea Market – É um mercado gastronômico com uma ampla variedade de opções. São três pavilhões com mais de 50 de restaurantes servindo pratos de diferentes países e todos estão concentrados no andar térreo. O Chelsea Market é uma parada obrigatória para quem vai à cidade, tanto é que mais de 6 milhões de turistas passam pelo local todos os anos. Evite visitar aos fins de semana, pois o mercado fica lotado de gente. 
  • High Line Park – O High Line é um parque público suspenso, um projeto visionário com 2,3 Km de extensão, que atravessa 3 bairros da parte oeste de Manhattan. Dele você aprecia uma vista diferente de Nova Iorque. Seus jardins possuem mais de 200 espécies de plantas que mudam de cor de acordo com as estações. A arte urbana presente ao longo do High Line é um de seus destaques, com enormes murais de street art e grafites de artistas famosos no mundo todo. 
  • American Museum of Natural History – Cenário do filme “Uma noite no Museu” (2006), sucesso nas bilheterias dos cinemas, o Museu Americano de História Natural é um dos mais completos do mundo e visitado por milhares de pessoas anualmente. Localizado ao lado do Central Park, com uma enorme estátua do Theodore Roosevelt na entrada, o AMNH é considerado o maior do segmento e conta com a mais vasta coleção de fósseis do planeta. Com cinco pavilhões, você pode reservar entre 3 a 4 horas para conhecer todo o museu.
  • Central Park – Quem nunca ouviu falar no Central Park? Um dos maiores parques urbanos do mundo e símbolo da Big Apple, muito procurado pelos nova-iorquinos para tomar sol ou se exercitar. Nos 340 hectares que o Central Park ocupa estão localizados padarias, lagos artificiais, cascatas e áreas que parecem um bosque.  Dentro do próprio parque também se encontra o Zoo do Central Park e outras atrações. A melhor maneira de conhecer todo o local é alugando uma bicicleta.
  • Broadway – A Broadway é uma avenida de Nova Iorque que atravessa o condado de Manhattan e do Bronx. Várias regiões de Manhattan onde a Broadway passa levam o nome de “square”, como a famosa Times Square, e fazem desses espaços lugares importantes para a cidade. E é no coração de Manhattan, num desses espaços, conhecido como Theater District, que está localizado o circuito profissional de teatros de Nova Iorque, que leva o nome de Broadway. No total são 41 teatros, todos um espetáculo à parte, principalmente pela história envolvida em cada prédio e pela decoração interna. Cada local apresenta apenas um musical durante muitos anos, principalmente quando o show é um clássico e sucesso de público. Alguns dos mais populares musicais da Broadway são O Fantasma da Ópera, Moulin Rouge, O Rei Leão e Aladdin. 
  • A Estátua da Liberdade – Talvez o mais icônico símbolo da cultura Norte Americana em todo o mundo. A Estátua da Liberdade está localizada na localizada na ilha da Liberdade no porto de Nova Iorque. Quando foi oferecida aos EUA pelos franceses em 1884 – simboliza a “Liberdade guiando o povo” – fonte de inspiração para todos os imigrantes que buscaram na cidade que nunca dorme um lugar seguro para viver.

Veja também: Pontos turísticos de Nova Iorque

Empire State - Nova Iorque
Empire State – Nova Iorque

iFriend: Guia de viagem em Nova Iorque

Escolher um iFriend em Nova Iorque para acompanhá-lo em alguns passeios e roteiros pode ser a melhor opção para você aproveitar ao máximo a cidade.

  • Ana – Sua guia brasileira em Nova Iorque vai te mostrar cada pedacinho escondido da Big Apple
  • Jaime Fotos incríveis nos melhores destinos de Nova Iorque? o Jaime sabe exatamente onde você terá os melhores ângulos.
Nova Iorque - paisagem
Nova Iorque – paisagem

Nova Iorque, a cidade que nunca dorme, espera sua visita!

iFriend – Find a friend, enjoy the ride.

O que achou?

Média 0 / 5. Votos: 0

Que tal?