HomeGuia de viagem Bogotá

Guia de viagem Bogotá

Cidade de Bogotá
Você vai adorar conhecer Bogotá neste guia completo!
0
(0)

Bogotá não é apenas a capital da Colômbia, é o centro financeiro, cultural e gastronômico do país.

A cidade oferece uma enorme quantidade de atrações turísticas que passam por toda a sua história, desde as tribos que ali viviam antes dos espanhóis chegarem até os dias atuais. É um destino que transborda cultura, sendo uma referência mundial em museus, arquitetura e festivais. 

Bogotá é a quarta cidade mais populosa da América do Sul, com mais de 7 milhões de habitantes, e terceira capital mais alta do mundo, se encontrando a 2640 metros acima do nível do mar.

Situada em um vale cercado pelos Andes, abriga um povo muito hospitaleiro, sempre disposto a ajudar. 

Vocação turística de Bogotá

A Colômbia é um destino muito interessante e recebe cada vez mais brasileiros, que não precisam de visto para ingressar no país. A entrada, aliás, é permitida tanto com passaporte quanto com carteira de identidade (RG). Porém, atente-se à exigência do certificado internacional de vacinação contra febre amarela. 

Apesar de Bogotá não possuir a fama de Cartagena e San Andrés, a capital colombiana é a que mais recebe turistas estrangeiros. Segundo dados do Centro de Informação Turística da Colômbia, a cidade recebeu 1,2 milhão de turistas em 2019. Isso representa 43% de todos os visitantes estrangeiros que estiveram no país. 

Bogotá é um destino histórico com vários museus, um belo mirante, um centro histórico muito interessante e uma Catedral de Sal na cidade vizinha. Além disso, é mais segura do que muita gente pensa. Em Bogotá, o policiamento é grande, tem cães farejadores de drogas e armas até na entrada dos shoppings e nos melhores bairros é tranquilo caminhar à noite. 

O peso colombiano é a moeda oficial do país. A troca de reais por pesos compensa mais se feita na Colômbia, nas casas de câmbio mais indicadas. Porém, troque somente o necessário para não voltar com a moeda estrangeira. Além disso, o comércio local não aceita reais ou dólares como pagamento e a aceitação de cartão de crédito é bem menos ampla do que no Brasil. Muitos lugares cobram taxas e têm valores mínimos para aceitar “la tarjeta”. 

Veja também: Por que visitar Bogotá?

O que fazer em Bogotá?

Teleférico Montserrat
Teleférico Montserrat

Onde o velho e o novo se encontram

Bogotá é um mix de antigo e moderno. A cidade cosmopolita possui mais de 60 museus e vários centros culturais. Há outras atrações que encantam os turistas, como o Jardim Botânico e um mirante com incrível vista da capital. Não podemos esquecer da gastronomia: o turista está bem servido de cafés, restaurantes e bares. 

Primeiro dia

Logo pela manhã, vá ao lugar mais interessante de Bogotá, um ponto turístico a céu aberto: o bairro de La Candelaria. Seu ponto mais importante é a majestosa Plaza Bolivar, onde estão o Capitólio Nacional e a Catedral da Colômbia. Dentro do bairro também estão o Museo del Oro e o Museo Botero. O segundo com artes maravilhosas do famoso pintor colombiano Fernando Botero e outras peças do arquivo pessoal dele.

Vale a pena conhecer também a Chorro de Quevedo, uma pequena praça cercada de ruelas com casinhas históricas, lojas de artesanatos e cafés.

No fim de tarde, aproveite para subir o Monserrate, montanha a 3152 metros de altitude, de onde se tem a melhor vista da cidade. Lá em cima tem cafés e lojas de artesanato. Indo no fim da tarde, você terá uma visão do dia, poderá admirar o pôr do sol e também a noite. Leve um casaco, pois o vento é forte e gelado.

Segundo dia

Neste dia, você irá partir para um outro lado da cidade, onde está a moderna Zona Rosa. Nessa região estão as empresas de tecnologia, os shoppings mais luxuosos, restaurantes famosos, hamburguerias, cafés e as pessoas mais ricas de Bogotá.

Na Zona Rosa, em Bogotá, você vai encontrar desde redes de comércio tradicionais da Colômbia, como a cafeteria Juan Valdez ou a filial do restaurante Andrés Carne de Rés a grandes cadeias internacionais, como Hard Rock Café, Mc Donalds, Burger King, Starbucks… O ideal é ir caminhando e conhecendo.

À noite, o movimento aumenta, especialmente em algumas ruas, onde o foco é bar e balada.

Terceiro dia

No seu último dia, comece conhecendo o Planetário de Bogotá, no colorido bairro de La Macarena. As projeções são uma verdadeira viagem por estrelas, planetas e constelações. Conhecido como Zona M, o bairro oferece outras opções de passeios, como como a Biblioteca Nacional da Colômbia, o Museu de Arte Moderna de Bogotá, o Museu Nacional da Colômbia e a Plaza de Toros.   

Depois, é hora de seguir para o Jardim Botânico de Bogotá, o maior de todo o país. É um passeio gostoso para fazer em família ou amigos, contando ainda com um relógio de sol, flores amazônicas e uma coleção de orquídeas. 

Para fechar a viagem, que tal voltar à Zona Rosa para um jantar? Não faltam bons restaurantes para conhecer na Zona T, uma área dentro da Zona Rosa. Trata-se de duas ruas perpendiculares que formam a letra “T”. 

Veja também: o que fazer em Bogotá

Destaques

Cidade mais visitada da ColômbiaVai um cafezinho?Monserrate e sua vista ímpar
Apesar de Bogotá não possuir a fama de Cartagena e San Andrés, a capital colombiana é a que mais recebe turistas estrangeiros. Segundo dados do Centro de Informação Turística da Colômbia, a cidade recebeu 1,2 milhão de turistas em 2019. Isso representa 43% de todos os visitantes estrangeiros que estiveram no país.A Colômbia é conhecida mundialmente por seu café de alta qualidade e Bogotá possui dezenas de ótimas cafeterias. A rede mais famosa do país é o Juan Valdez e você encontra várias delas pela cidade. Uma outra cafeteria famosa, mas que possui poucas lojas na capital, é a Azahar.Um dos pontos mais altos da cidade, a 3152 metros de altura, o Cerro Monserrate proporciona a melhor vista de Bogotá. O turista pode subir por uma trilha a pé ou por opções mais interessantes, como o teleférico e o funicular. No topo da montanha tem um mirante, um centro de artesanato, cafés e restaurantes. 

Quando visitar Bogotá?

Plaza Bolívar
Plaza Bolívar

Bogotá tem temperaturas estáveis, estações secas e chuvosas

Bogotá fica a 2640 metros de altitude. Faz frio o ano inteiro, com temperaturas estáveis e médias diárias por volta de 14ºC em todos os meses. Durante o dia os termômetros podem beirar ou passar dos 20ºC e a noite podem ficar abaixo de 10ºC. 

Nos meses chuvosos, costuma chover sem parar por vários dias. O que define a melhor época para visitar Bogotá é somente a questão das chuvas. O ideal é ir de dezembro a março e de julho a agosto, durante as estações secas. Abril, maio, outubro e novembro são os meses mais chuvosos do ano. Evite esses meses para não comprometer seus passeios.

Alta Temporada

  • Prós – A possibilidade de chuvas é bem menor, ideal para o visitante poder conhecer todos os pontos turísticos da capital. A cidade fica mais animada e com mais opções de programas para fazer. 
  • Contras – Os valores cobrados em hospedagens ficam mais caros. A cidade fica bem cheia, o que pode desagradar um pouco quem não gosta muito de muvuca.

Baixa Temporada

  • Prós – A cidade fica menos cheia e os preços praticados são mais em conta. 
  • Contras – As chuvas podem atrapalhar o planejamento dos turistas durante a baixa temporada, impossibilitando, inclusive, a realização de alguns passeios.

Veja também: Quando visitar Bogotá

Gastronomia e o que comer em Bogotá?

Arepas, gastronomia colombiana
Arepas, gastronomia colombiana

A capital colombiana possui cafés de alta qualidade e pratos diversificados

A Colômbia possui várias comidas típicas e o lugar onde você encontrará mais variedades de pratos é na capital Bogotá. Por isso, a cidade é um bom lugar para quem gosta de gastronomia. 

Uma curiosidade do destino são as regiões chamadas de zonas. Algumas regiões, polos de gastronomia e de bares em Bogotá, possuem essa classificação. Cada uma delas é nomeada por uma letra: há Zona G, Zona U, Zona T e Zona Rosa. Todas na região norte da cidade. 

Em Bogotá, é mais comum comer carnes mais gordas, diferente das cidades da costa caribenha, onde há muitas receitas com frutos do mar. Mandioca, milho, banana, coco e abacate estão sempre marcando presença, incrementando o menu. Entre os pratos típicos de Bogotá estão empanadas, patacones, frijoles rancheros e ajiaco.

Além disso, a Colômbia é conhecida mundialmente por seu café de alta qualidade. Por isso, não deixe de experimentar alguns cafezinhos nas cafeterias da cidade. Bogotá possui dezenas de ótimas cafeterias. A rede mais famosa do país é o Juan Valdez e você encontra várias delas pela capital. Uma outra cafeteria famosa, mas que possui poucas lojas na cidade, é a Azahar.

Restaurantes em Bogotá

  • Elbarrio Restaurante – Calle 39 #21-11 
  • El Chato – Nova: Calle 65 # 4-76 / Antiga: Calle 65 # 3B-76
  • La Provence de Andrei – Cra. 6 #117-44 
  • Restaurante Darius – Las Américas # 43A-44 
  • Santa Fe Restaurante – Calle 26B # 4-30

Veja também: Onde comer em Bogotá

Pontos Turísticos de Bogotá 

Museu do Ouro
Museu do Ouro

A capital colombiana transborda cultura 

Bogotá tem dezenas de atrações turísticas. De uma vida noturna agitada a belíssimas praças e bons restaurantes, viajar para o país vizinho vai te levar a lugares imperdíveis.

  • La Candelaria – La Candelaria é o mais famoso e antigo bairro da cidade, além de ser o melhor local para se hospedar em sua viagem. Cheio de história, foi onde Bogotá foi fundada e ainda mantém seu casario antigo e colonial com paredes coloridas. O bairro reúne os melhores e mais importantes museus da cidade.   
  • Museo Botero – O Museo Botero, juntamente com o Museo Casa de Moneda, a Collección de Arte de Banco de la República e o MAMU formam o complexo de museus do Banco de la Republica. Todos são interligados e gratuitos, facilitando a visita. O Museo Botero possui uma das coleções mais importantes da América Latina, contando com 208 obras doadas por Fernando Botero, um dos maiores artistas colombianos.
  • Museo del Oro – Um dos maiores museus de ouro do mundo, o Museo del Oro é um dos mais visitados do país. Com exposições belíssimas e muito bem montadas, mostra o uso do ouro nas comunidades pré-colombianas da região, com inúmeros artefatos feitos do metal e usados para diferentes cerimônias e por diferentes hierarquias.
  • Plaza Bolívar – É a praça central de Bogotá e fica no coração do centro histórico da capital. Cercada por quatro prédios importantes, o Palácio da Justiça, o Palácio Liévano, o Capitólio Nacional e a Catedral de Bogotá, é alvo de manifestações dos mais variados cunhos.
  • Plazoleta Chorro de Quevedo – É uma pequena praça em La Candelaria com muita vida noturna, rodeada de restaurantes, cafés e lojas de artesanato. Os locais levam seus instrumentos para tocar sentados num dos degraus da Chorro de Quevedo. 
  • Zona T – A Zona T é formada por duas ruas fechadas para pedestres que se cruzam no formato de um “T”. É uma área que atrai a alta sociedade de Bogotá e os turistas, devido ao seu alto padrão de restaurantes, lojas e casas noturnas.
  • Cerro Monserrate – Um dos pontos mais altos da cidade, o Cerro Monserrate proporciona a melhor vista de Bogotá. Os locais costumam subir a pé até seu topo, que fica a 3152 metros de altura, para assistir à missa na Basílica do Senhor de Monserrate aos domingos. Para quem não tiver um bom preparo físico, há opções mais interessantes para a subida, como o teleférico ou o funicular. Ambos custam o mesmo valor, porém do teleférico se tem a melhor vista. No topo da montanha tem um mirante, um centro de artesanato, cafés e restaurantes, uns mais sofisticados e outros mais simples.
  • Jardim Botânico de Bogotá – O Jardim Botânico de Bogotá é o maior de todo o país, com diversas espécies de plantas e uma estufa que pode ser visitada. O local conta com uma enorme coleção de flores, entre elas, mais de 70 espécies de rosas. É um ambiente perfeito para caminhar, relaxar, tirar belas fotos e fazer um piquenique. 
  • Catedral do Sal de Zipaquirá – A Catedral fica, na verdade, na cidade de Zipaquirá, a 50 Km do centro da Bogotá. É um passeio que muitos visitantes da capital colombiana optam por fazer e vale muito a pena! A atração principal é a catedral escavada a 180 metros abaixo do solo, construída por mineiros em uma mina de sal. Além da igreja subterrânea e o labirinto de túneis, o parque do Sal oferece outras atividades, como parede de escalada e tirolesa.

Veja também: Pontos turísticos de Bogotá

Catedral de Sal de Zimpaquirá
Catedral de Sal de Zimpaquirá

iFriend: Guia de viagem em Bogotá

Escolher um guia de viagem para acompanhá-lo em Bogotá alguns passeios e roteiros pode ser a melhor opção para você aproveitar ao máximo a cidade.

  • Veny – Guia local de Bogotá que vai te mostrar todas as atrações únicas do lugar
  • Nestor –  Guia local que vai apresentar curiosidades e passeios incríveis 
La Candelária
La Candelária

Bogotá, a terceira capital mais alta do mundo, espera sua visita!

iFriend. Find a friend, enjoy the ride.

O que achou?

Média 0 / 5. Votos: 0

Que tal?