HomeGuia de Viagem Embu das Artes

Guia de Viagem Embu das Artes

Letreiro de Embu das Artes
Você vai adorar a arte e a cultura de Embu das Artes nesse guia completo!
0
(0)

Embu das Artes, o Embu, é uma cidade do sudoeste do estado de São Paulo, região sudeste do Brasil. Uma cidade povoada pelos antigos nativos Tupiniquins da aldeia de M´Boy, foi colonizada pelos jesuítas em 1554.

Tempos depois teve seu apogeu ao ser um ponto de encontro de artistas nacionais e internacionais. Hoje Embu das Artes é um dos 29 municípios paulistas considerados estâncias turísticas do Estado de São Paulo.

Como chegar?

Para ir de São Paulo à Embu das Artes de carro, basta sair da capital pela Rodovia Régis Bittencourt (BR-116) e seguir até a saída do quilômetro 279 ou 282.

Vocação Turística

De lar dos nativos Tupiniquins a centro de artes nacionalmente reconhecido, Embu das Artes tem grande apelo turístico. A antiga Aldeia dos Bohi foi fundada em 1554 pelos jesuítas.

Em 1937, Embu, a cidade assume o ponto de encontro de grandes artistas: quando Cássio M’Boy, santeiro de Embu, ganhou o Primeiro Grande Prêmio na Exposição Internacional de Artes Técnicas em Paris.  

Na década de 1920, Cássio tinha sido professor de vários artistas e recebia em sua casa expoentes do Movimento Modernista de 1922 e das artes em São Paulo, incluindo Anita Malfatti, Menotti Del Picchia, Alfredo Volpi e Yoshiya Takaoka, Tarsila do Amaral e Oswald de Andrade.

As ruas de paralelepípedo, cercadas de árvores, construções antigas, muitas cores e expressões artísticas são o grande apelo turístico de Embu das Artes, que envolve seus visitantes numa esfera de bem-estar, vivências em ambiente natural e bons momentos em família.

Destaques

A cidade em Estado de ArteMelhor destino Bate-voltaA Feira do Verde
Destino de compras em antiquários, pinturas, cerâmicas, feirinhas de artesanato, atrações culturais, arquitetônicas, gastronômicas e até paisagens naturais num roteiro diferente.Para quem está em São Paulo, Embu das Artes é considerado o melhor destino bate-volta – são 30 km de distância da capital, percorridos em média em 40 minutos, sem trânsito! Ideal para viagens com a família, com idosos e com pets.A Feira do Verde é uma excelente opção para quem busca conhecer e adquirir grande diversidade de plantas, flores e árvores frutíferas de pequenos produtores, com direito a dicas de botânica, paisagismo e decoração de ambientes abertos.

Quando visitar Embu das Artes

Tudo que você precisa saber sobre quando visitar Embu das Artes

Embu das Artes tem o verão morno e abafado, com algumas chuvas e de céu quase encoberto. Já o inverno é curto, ameno e de céu parcialmente encoberto.

As melhores épocas do ano para visitar Embu das Artes e realizar atividades de clima quente são do fim de março ao meio de junho e do início de agosto ao meio de setembro. Ao longo do ano, em geral a temperatura varia de 13 °C a 28 °C e raramente é inferior a 9 °C ou superior a 32 °C, o que faz a cidade ser visitada o ano todo.

Alta temporada:

  • Prós: Pontos turísticos cheios e bastante movimentados, muitos visitantes; maior variedade de passeios.
  • Contras: Lugares turísticos e hotéis lotados, os ingressos para as atrações se esgotam mais rapidamente. Há um fluxo imenso de pessoas querendo fotografar os pontos turísticos.

Baixa temporada:

  • Prós: Os passeios não terão muitas pessoas, o que é bom para quem quer aproveitar o momento mais intimista. Os parques estão mais vazios e propícios a momentos de silêncio. Espere um excelente atendimento em bares e restaurantes. Você poderá desfrutar dos pontos turísticos e naturais com calma, sem tanta aglomeração de pessoas. Os valores tendem a ser mais atrativos em pousadas e hotéis e o atendimento mais personalizado.
  • Contras: Pode haver poucos eventos. Alguns pontos turísticos podem estar em manutenção, então, não fique chateado e aproveite o melhor da cidade.

Veja também: Quando visitar Embu das Artes

Gastronomia e o que comer em Embu das Artes

Pizza em Embu das Artes

Delicie-se com os sabores de Embu das Artes

A gastronomia em Embu das Artes tem lugar garantido. Basicamente é possível comer de tudo na cidade, desde a tradicional comida paulista até refinados pratos da gastronomia. Outro ponto de destaque são as cervejarias e restaurantes diversos. Não deixe de conferir nossa seleção de excelentes restaurantes que atendem a todos os gostos (e bolsos!).

Chopperia

  • A Casa Chopperia e Restaurante – Rua Joaquim Santana, 29 – Centro.
  • Divinno choperia – Rua Joaquim Santana,109 – Centro.

Diversos

  • Barril Vinhos & Cia – Av. Elias Yasbek, 1817 – Centro.
  • Restaurante Zur Alten Muhle – Rua Belo Horizonte, 76 – Centro.
  • Império Nordestino Restaurante – Avenida João Batista Medina,80 – Centro.
  • Lanchonete e Restaurante Esfera – Largo 21 De Abril, 9 – Centro.

Restaurantes Buffet e a La Carte

  • Buenos Aires Restaurante – Rua da Matriz, 62 – Centro.
  • Empório São Pedro Restaurante – Viela das Lavadeiras, 28 e 75 – centro.
  • O Casarão do Embu Restaurante – Rua Joaquim Santana, 12 – Centro.
  • Rede Bem Aqui Restaurante – Av. Hélio Ossamu Daikuara – Regis Bittencourt Km 277 – (Posto Shell) – Jardim Vista Alegre.
  • Tutus Restaurante – Largo 21 de Abril, 260 – Centro.
  • O Garimpo Restaurante – Rua da Matriz, 136 – Centro.

Churrascaria

  • Gramado Grill Churrascaria – R. José Semião Rodrigues Agostinho, 906 – Centro.

Pizzaria

  • Hannover Pizza Bar – Largo Dos Jesuítas, 200 – Centro.

Veja mais: Gastronomia e onde comer em Embu das Artes

Pontos Turísticos de Embu das Artes

Museu do índio de Embu das Artes

Embu das Artes tem muitos pontos turísticos que valem a sua visita, confira!

Os pontos turísticos de Embu das Artes chamam a atenção por serem prédios preservados, com significado histórico-social relevante para a cidade. Embu das Artes, por ser uma cidade histórica, abriga inúmeras construções impressionantes realizadas nos séculos XVII e XIIX.

  • Museu de Arte Sacra;
  • Museu do Índio;
  • Igreja Nossa Senhora do Rosário – fundada pelos jesuítas no século XVII;
  • Capela de Santa Cruz;
  • Viela das Lavadeiras;
  • Cidade das Abelhas;
  • Casa do Artesão;
  • Residência dos jesuítas;
  • Centro histórico;
  • Memorial Sakai;
  • Templo budista Odsal Ling (na cidade de Cotia);
  • Parque do Lago Francisco Rizzo;
  • Praça das Artes no Largo 21 de Abril;
  • Centro Cultural Mestre de Assis Abreu.

Veja também: Roteiro Personalizado pelo Centro Histórico de São Paulo

Passeios em Embu das Artes

Embu das Artes Centro Histórico

Os passeios em Embu das Artes vão te surpreender!

Embu das Artes é reconhecida como uma das primeiras cidades do Estado de São Paulo – celeiro das artes populares e destino bate-volta preferido de muitos paulistanos, a cidade tem lindas ruas de paralelepípedo, arborizadas, atrações turísticas e muita história para contar.

Obtenha o máximo dos passeios com um guia local em Embu das Artes!

Dos Jesuítas aos Artistas

Dos Jesuítas aos Artistas é um passeio incrível proporcionado pela iFriend Luciana. Ela vai te mostrar como uma das cidades mais antigas do Estado de São Paulo se tornou referência no turismo doméstico.

Embu das Artes um dos lugares mais antigos de São Paulo, sua história começa com a formação da cidade de são Paulo com os jesuítas. Chegando na cidade iremos passar por diversos pontos importantes faremos um walking tour com direito a descanso em uma cafeteria bem charmosa, depois visitaremos alguns lugares onde poderemos conhecer a técnica de arte que fez com que o Embu se tornasse famoso (Terracota).

Conheceremos as obras de Sakai do Embu, discípulo de Cassio M’boy e todo o processo artístico que a cidade passou até os dias de hoje . (teremos uma bate-papo com um nativo que nos contará algumas curiosidades sobre a cidade e seus moradores).

Após este walking tour pararemos para o almoço num restaurante típico da região com comida caseira ao ar livre um lugar muito agradável. Depois do almoço deixaremos tempo livre para que as pessoas possam andar pelas ruas, pela feira de artesanato e pelas diversas lojas de móveis e decoração que rodeiam a cidade, terão tempo para umas comprinhas, afinal ninguém é de ferro não é mesmo?

Compras feitas, encontraremos para o retorno e terminamos nosso passeio com alegria de ter proporcionado um belo dia a todos.

O ponto alto é a história que será contada em cada local, além do papo com a pessoa nativa que nos contará muitas curiosidades da cidade e de seus moradores.    

Confira também: Passeios em Embu das Artes

Roteiro de três dias

Você não pode perder as experiências que selecionamos para você: Confira!

Primeiro dia

Aproveite o primeiro dia para percorrer o Centro Histórico com um guia local – o iFriend tem guias locais especializados em mostrar todas as peculiaridades da cidade.

Pausa para almoço em algum restaurante regional com a legítima comida do interior.

Na parte da tarde aproveite para conhecer o interior da Igreja Nossa Senhora do Rosário, fundada pelos jesuítas no século XVII. Depois, visite o Museu de Arte Sacra com diversas obras de arte dos séculos XV a XVIII e um pouco do legado dos padres jesuítas na região.

Se você está viajando com a família não deixe de conhecer o Parque do Lago Francisco Rizzo para atividades ao ar livre – O parque também possui um playground infantil e uma brinquedoteca que são ideais para quem vai viajar com crianças, além de diversas opções de cafés e atividades ao ar livre.

Não deixe de conferir as choperias de Embu das Artes para um fim de tarde relaxante.

Segundo dia

Se você estiver com crianças, comece o dia Cidade das Abelhas, que foi reaberta recentemente e conta com playground educativo e visita às colmeias – uma excelente oportunidade delas conhecerem a vida dos maiores insetos sociais.

Almoce no Empório de São Pedro, que é um espaço interessante composto por antiquário e restaurante bistrô.

Você também pode visitar a Praça das Artes, no Largo 21 de Abril, onde tem letreiro colorido com o nome da cidade muito disputado para tirar fotos. Não se esqueça de fazer as comprinhas básicas na Feirinha de Artesanato

Terceiro dia

Independente de sua religião um passeio ao Templo budista Odsal Ling é um passeio agradável. Você conhecerá um exemplar autêntico da arquitetura tibetana com toda a sua riqueza de cores e ornamentos.

Na parte da tarde, conheça o Museu do Índio, criado pelo artista plástico e pesquisadora da cultura indígena e escritor Walde-Mar Andrade e Silva, o local abriga peças ligadas aos costumes, hábitos alimentares, arte, crença e rituais dos índios. 

Não deixe de aproveitar o Memorial Sakai – um espaço inaugurado em 2003, que reúne o acervo de Tadakiyo Sakay, artista especialista em esculturas de terracota. O  museu conta com 20 peças, 13 delas representam a Via Crucis, três touros, três índias, um baixo relevo da Festa de Santa Cruz e um São Francisco. Durante a semana o Memorial Sakai oferece cursos e oficinas artísticas.

Roteiro mais dias

Você ficará impressionado com tudo que Embu das Artes tem a oferecer!

Turismo religioso, antiquários, compras… essas entre outras atividades você pode conhecer de perto com um iFriend.  

Casa do Artesão 

Reúne milhares de trabalhos produzidos pelos profissionais da região.

Passeio religioso

Conheça as igrejas jesuítas, o templo tibetano na cidade de Cotia.

Lojas de móveis antigos e antiquários

Uma cidade muito procurada por quem gosta de investir em móveis e utensílios no estilo retrô.

Cena urbana

Não deixe de conhecer a Viela das Lavadeiras e registrar sua passagem pela cidade num mural incrível.

Veja também: Pontos Turísticos em Embu das Artes

iFriend em Embu das Artes

Você terá momentos ainda mais incríveis contratando um iFriend em Embu das Artes.

  • Rosana: Vai te mostrar o centro histórico de Embu das Artes e contar muitas curiosidades sobre a cidade e seus costumes!
  • Érica: Vai te mostrar Embu de uma maneira inteiramente nova!
Viela das Lavadeiras, Embu das Artes

Embu das Artes, o pequeno recanto do sudoeste de São Paulo está esperando sua visita!

iFriend. Find a friend, enjoy the ride.

O que achou?

Média 0 / 5. Votos: 0

Que tal?