HomeDestinosOs países mais incríveis para visitar no Halloween
Destinos

Os países mais incríveis para visitar no Halloween

halloween-ifriend
6 melhores destinos para passar o Dia das Bruxas

Comemorado no dia 31 de outubro, o Halloween, como é conhecido mundialmente o neologismo anglicano para a expressão de origem celta All Hallows’ Eve ou A Véspera do Dia de Todos os Santos, é celebrado de diferentes maneiras ao redor do mundo.

O Dia das Bruxas, como é chamado no Brasil, é uma forma de imergir nas atrações culturais de um destino e curtir uma sequência de celebrações sinistras, comemoradas a centenas, senão milhares de anos.

Muitos países abraçam a diversão horripilante e a galera leva a sério essa que é uma das festas gringas mais famosas do planeta.

Mas o que mais você pode encontrar além de crianças fantasiadas para “gostosuras ou travessuras” nessa data? Descubra ao conferir, a seguir, os países mais incríveis para visitar no Halloween!

1. Irlanda

Irlanda foi onde tudo começou. Foi onde se originou o Halloween e, portanto, a maioria das referências dos Estados Unidos está aqui – a abóbora esculpida, doces e brincadeiras. Porém, algumas tradições populares nunca saíram da Europa, como comer o barmbrack (um bolo de frutas), acender fogueiras e lançar fogos de artifício.

Também há muitas festas realizadas em todo o país que levam o público à raiz do Halloween, entre elas o Pucá Festival, no condado de Meath. Esse é um exemplo de celebração que resgata as tradições e anualmente mistura música, cultura e dramaturgia para entusiasta nenhum botar defeito.

2. Estados Unidos

O grande responsável pela exportação do Halloween como elemento de cultura pop através da televisão e cinema ao longo do século XX se chama Estados Unidos. As cidades norte-americanas mantêm anualmente a tradição das decorações, das crianças fantasiadas e do “trick or treat”. Esteja você onde estiver nos EUA, no dia 31 de outubro, provavelmente encontrará uma festa de Halloween típica, como já vista nas telas.

Se procura algo especial, uma boa pedida é a cidade de Salem, no estado de Massachusetts, onde em 1692 dezenas de pessoas foram condenadas por bruxaria, em episódio retratado no filme de 1996, As Bruxas de Salem.

Na época de Halloween, Salem se transforma num verdadeiro parque de bruxas e fantasmas com programação para todas as idades que vai desde tours pela cidade explicando a história sobre as Bruxas de Salem até as Casas “mal-assombradas” assustadoras.

3. México

Se os EUA é o exportador mais conhecido do Halloween, o México é a cara oficial do Dia de Los Muertos (Dia dos Mortos). Durante três dias (31, 01 e 02), os mexicanos comemoram a data, mas é principalmente no dia 02 de novembro que fazem uma verdadeira festa.

No México, a tradição manda que o Dia dos Mortos tenha abundância de doces, balas, bolos, música e dança. Os pratos favoritos dos entes queridos são preparados, já que nesse dia há permissão divina para os mortos visitarem seus parentes vivos. Também não pode faltar a piñata, um adereço colorido e com compartimento interno recheado de doces, destruído pelas crianças vendadas com maior precisão.

4. Inglaterra

Na capital inglesa, Londres, um dos grandes destaques de Halloween gira em torno da decoração especial que o exclusivo clube Annabel, no bairro de Mayfare, está exibindo. O ingresso para a festa no clube é impossível para um mero mortal. Nem os sócios do estabelecimento, que possuem anuidade de mais de R$ 20 mil, têm entrada garantida. Mas não é por causa disso que você deixará de ter oportunidades de ir a uma das inúmeras festas de Halloween que ocorrem nos pubs londrinos.

E se a temática da bruxaria está em evidência, o tour nos estúdios de Harry Potter na Warner fica ali próximo, em Watford, e vale a pena investir.

5. Japão

O Halloween no Japão só foi adotado pelos anos 2000 com objetivos comerciais após um evento da Tokyo Disneyland. Desde então, caiu no gosto dos japoneses e vem se tornando cada vez mais popular no país asiático.

No entanto, nada de fantasmas e histórias de terror, comuns nas festas americanas, a não ser pelas fantasias e temas de doces que ganham lugar em praticamente todas as padarias, restaurantes e lojas. Na terra do cosplay e das modas alternativas, é claro que no Dia das Bruxas o importante é se fantasiar e desfilar pelas ruas e eventos.

A data não tem o apego cultural como em outros países, mas garante diversão com desfiles e festas a céu aberto como em Roppongi e em Shibuya, em Tóquio, os melhores locais para encontrar cosplayers e turistas ostentando a criatividade de seus looks enquanto aproveitam a comida e a música.

6. China

Na China, as grandes festas ocidentais se popularizaram devido aos comerciantes locais que incentivam as celebrações pelo aumento do lucro. Assim aconteceu com o Valentine’s Day, Páscoa e Halloween.

Vale lembrar que o país possui um território imenso, logo as práticas variam conforme a região. De maneira geral, as comemorações das noites de Halloween foram incorporadas à cultura chinesa somente por diversão, com direito a muitas festas à fantasia, sem lendas urbanas e sem fazer “doces ou travessuras”.

Hong Kong, com uma influência ocidental tremenda, acabou por absorver boa parte dessas celebrações. O parque Hong Kong Disneyland se materializa em um “parque de terror” por 45 dias durante toda a segunda quinzena de setembro até o final do mês de outubro. Na cidade, a festa de rua de Lan Kwai Fong no dia 31 de outubro explode de gente vestida de zumbis, monstros e fantasmas. Sem dúvidas, em se tratando do outro lado do Atlântico, é um dos países mais incríveis para visitar no Halloween.  

E você, já sabe onde irá passar o Halloween deste ano? Conta pra gente no Instagram (@the_ifriend)!

iFriend. Find a Friend. Enjoy the ride.

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

Que tal?