HomeDicas de ViagemViaje sem falar o idioma local
Dicas de Viagem

Viaje sem falar o idioma local

Viaje sem falar o idioma local

A distância, o preço, a falta de segurança ou a exigência de vistos podem ser algumas dificuldades para conhecer alguns lugares, certo? No entanto, o idioma não precisa ser uma delas. Afinal, com algumas dicas para que você viaje sem falar o idioma local é possível viver uma experiência única!

Não precisa adiar a sua tão sonhada viagem ou esperar concluir aquele cursinho. Você já pode arrumar as malas e partir para essa aventura, mesmo sem falar inglês ou qualquer outra língua. Acredite: seus planos não precisam ficar para depois.

Saiba agora algumas dicas e viaje sem falar o idioma local!

Inicie por países que falam um idioma parecido

Para perder um pouco o receio de fazer uma viagem internacional, comece a viajar por países que falam uma língua parecida, como Argentina, Portugal, Chile… Isso vai ajudar você a ver que viajar assim não é um bicho de sete cabeças. ?

Alguns lugares também são cercados por brasileiros, como Miami, nos Estados Unidos, e Dublin, na Irlanda. A ideia é você ganhar confiança e arriscar alguns países mais diferentes com o passar do tempo.

Perca o medo e a vergonha

Sua viagem não vai ser incrível se você ficar com receio de pedir uma informação ou de errar na hora de fazer um pedido. Entenda que viajar serve, entre outras coisas, para vivenciar novas experiências e conhecer novas culturas — e idiomas também. Por isso, é fundamental seguir em frente com essa oportunidade!

Não tenha vergonha de gesticular para se fazer entender ou de abordar alguém em busca de uma informação. Você está lá para aproveitar e ter uma boa experiência, e não para ser julgado pela sua pronúncia estrangeira, combinado?

A mímica é universal, e a diversão também! Relaxa e curta esse momento.

Estude um pouco sobre o seu destino

Uma dica MUITO importante é ler, pesquisar e planejar o máximo possível a viagem que você fizer. Estudar e conhecer um pouco mais da cultura, língua e locais que você vai visitar irão te ajudar a se sentir mais confiante e a entender como o país funciona.

Por exemplo: Paris, na França, tem a fama de que se alguém já começa falando inglês os garçons tratam mal, certo? Então, conhecendo mais sobre essas questões, você diminui a chance de ser pego de surpresa ou de depender de ajuda para se locomover pela cidade

Aprenda algumas palavras básicas

Para viajar sem falar inglês ou o idioma local, você não precisa fazer um curso completo. 

Porém, também não pode depender apenas da mímica ou do “portunhol”, por exemplo. Por isso, o ideal é aprender algumas palavrinhas comuns para dizer nas situações tradicionais.

Saber dizer “olá”, “bom dia”, “boa tarde”, “boa noite”, “por favor” e “obrigado” já vai ajudar bastante. As pessoas ficarão mais receptivas à sua abordagem, mesmo que o que diga depois não seja falado no idioma delas. Além disso, é uma boa forma de mergulhar um pouquinho na cultura do país.

Leia também:  Quando visitar Fortaleza

O celular é o seu melhor amigo

Nessas horas tenha sempre aplicativos de geolocalização e uma boa internet, assim você consegue ter um suporte online caso precise. 

Temos algumas dicas importantes para te ajudar nessa:

  1. Pesquise por aplicativos. Desde tradutores até os que permitem você ter um mapa da cidade mesmo que offline.
  2. Tenha bateria extra. Afinal, se você ficar na rua o dia todo e sempre estiver tirando fotos e consultando o celular, a bateria não vai aguentar. Por isso, tenha um carregador portátil para te salvar!
  3. Invista em um chip internacional. Dependendo da quantidade de dias que você ficar na cidade, é importante avaliar o custo benefício de um chip. Seja liberando seu pacote de dados ou comprando um chip, tenha internet para que possa usá-la em caso de necessidades e para postar aquelas fotos incríveis nas redes sociais!

Tenha a ajuda de um guia local

Em vez de tentar fazer tudo por conta própria, viaje para outro lugar sem falar a língua local com algumas dicas de quem mora lá. Tudo será mais fácil se você contar um morador local que conhece, como ninguém, aquela cidade.

Por isso, o ideal é ter o apoio de um guia local para te dar dicas sobre o que fazer e o que vale a pena, além de te ajudar a quebrar a barreira do idioma.

Se conseguir ter a companhia de um guia que fala português, melhor ainda! Mas, se não der, recorra a alguém que fale um idioma que você tem mais conhecimento, como inglês ou espanhol.

Com um guia local ao seu lado, poderá aproveitar tudo o que o destino tem de bom a oferecer. O iFriend possui diversos guias brasileiros espalhados pelo mundo, e você não seja refém do idioma!

Ao usar essas dicas para viajar sem falar o idioma local, verá que tudo será mais fácil do que parece — e pode ser muito divertido!

O que achou?

Média / 5. Votos:

Comentar

Comentar

Que tal?