HomeDicas de ViagemPor que visitar Veneza?
Dicas de Viagem

Por que visitar Veneza?

Ponte dei Rialto
Uma das cidades mais românticas da Itália e uma das mais lindas do mundo.

Neste post você verá porque visitar Veneza ao menos uma vez na vida.

Veneza está localizada na região do Vêneto, formada por mais de 100 pequenas ilhas em uma lagoa (a Lagoa de Veneza) no Mar Adriático.

Mundialmente conhecida pelos seus canais que servem como ruas em uma cidade onde não circulam carros, Veneza tem, simplesmente, 177 canais e mais de 400 pontes.

Considerada uma das cidades mais românticas da Itália e uma das mais lindas do mundo. Classificada como Patrimônio da Humanidade pela Unesco, Veneza é um destino mágico, ostentando tantas obras-primas da arquitetura e da arte em tão pouco espaço.

Principalmente no verão, não é fácil escapar de filas ou congestionamento de pedestres entre os bequinhos, praças e vielas repartidos pelos seis sestieri (distritos) da cidade. A Piazza San Marco, o Grande Canal e a Ponte Rialto são disputados por muitos o ano todo. Porém, mesmo lotada, Veneza é apaixonante.  

Saiba mais: Guia de viagem Veneza

Punta Della Dogana
Punta Della Dogana

Dicas de turismo em Veneza

Veneza é tão singular que tem um alto fluxo de turismo de curta permanência. São cerca de 25 milhões de turistas que vão à cidade a cada ano. Por dia, ela recebe em torno de 35 mil visitantes, com picos de até 150 mil.

Um fato curioso é que Veneza habita 50 mil pessoas, ou seja, tem dias que a cidade está com mais turistas do que moradores.

Entre esses visitantes, estão os brasileiros que adoram a Europa e, o melhor, não precisam de visto para entrar na Itália se a permanência no território for de, no máximo, 90 dias.

Esse turismo em massa é o que faz com que Veneza seja um destino caro. Portanto, você precisa de um bom planejamento para realizar essa viagem. As acomodações em Veneza não são baratas, assim, faça sua reserva com antecedência.

Independente de ter optado por uma simples pensão ou um palacete, leve em consideração como chegar até lá. Os melhores estabelecimentos disponibilizam embarcações que farão a ponte entre a estação ferroviária, o estacionamento ou o aeroporto. Pegue as instruções de chegada com o seu hotel.

Outra dica é: se estiver vindo de Milão, Florença ou Roma, chegue de trem. De qualquer outro ponto da Europa, vá de avião: Veneza está longe demais das capitais. 

Saiba ainda que a melhor forma de conhecer Veneza é a pé. Portanto, esteja preparado (e com disposição) para enfrentar as ruelas e canais da cidade.

Uma forma fundamental de transporte público são os vaporettos, uma espécie de ônibus-barco. A linha mais importante é a de número 1 (que percorre todo Grande Canal).

Leia também:  Onde comer na Turquia

Os tíquetes são vendidos em máquinas automáticas ou dentro dos próprios veículos. Se fizer várias viagens e seu hotel não oferecer serviço de traslado, vale a pena pensar em adquirir bilhetes válidos para 12, 24, 48 e 72 horas. 

Veja também: Pontos turísticos de Veneza 

Piazza San Marco
Piazza San Marco

iFriend: Guia de viagem em Veneza

Agora que você já sabe porque visitar Veneza, escolher um guia de viagem em Veneza para acompanhá-lo em alguns passeios e roteiros pode ser a melhor opção para você aproveitar ao máximo a cidade.

  • Carla – ela vai te mostrar a parte histórica e cultural de Veneza
  • Antonio – vai te mostrar as principais curiosidades sobre a cidade 
Ilha de Burano
Ilha de Burano

Veneza, a cidade das gôndolas e dos canais, espera sua visita!

iFriend. Find a friend, enjoy the ride. 

O que achou?

Média / 5. Votos:

Comentar

Comentar

Que tal?