HomeGuia de viagem Cartagena

Guia de viagem Cartagena

Entardecer em Cartagena
Você vai adorar conhecer Cartagena neste guia completo!
0
(0)

Um dos destinos turísticos mais concorridos de toda a Colômbia, Cartagena das Índias, ou apenas Cartagena, é uma cidade portuária, margeada pelo mar do Caribe, escondida entre muralhas.  

Declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1984, o destino é famoso por seu centro histórico fortificado, com 11 Km de muros de pedras construídos a partir do século XVI, e pela encantadora sequência de casas coloniais que abrigam restaurantes típicos, bares animados e até pequenos hotéis-boutiques.  

O escritor colombiano Gabriel García Márquez, agraciado com o Nobel de Literatura, mantinha uma casa de veraneio na região. Cenários da cidade histórica serviram de inspiração para obras como O amor nos tempos do cólera (1985) e Do amor e outros demônios (1994).

Vocação turística de Cartagena

Casarios coloniais coloridos em cartagena
Casarios coloniais coloridos em cartagena

Cartagena tem uma localização estratégica, por isso foi sede de um importante porto durante o período colonial e, consequentemente, a área se desenvolveu e se tornou alvo constante de ataques piratas. Hoje a cidade traduz o charme dos séculos passados mesclado à modernidade dos dias atuais.

É na Cidade Amuralhada, coração de Cartagena, que se concentra a parte antiga da cidade e também onde está grande parte de seus pontos turísticos. Construída como maneira de proteger Cartagena dos ataques que sofria, a muralha, além de ser um dos melhores passeios num fim de tarde, preserva ruelas cheias de vida, igrejas, praças, restaurantes, museus, bares e edifícios de arquitetura colonial com varandas floridas.  

Reservar sua hospedagem dentro da Cidade Amuralhada facilita muito sua viagem, pois grande parte da sua programação será caminhando por suas ruas. A Cidade Amuralhada é dividida em quatro pequenos bairros – Centro, San Diego, Matuna e Getsemani. Centro e San Diego tem a melhor localização.  

Porém, a região de Bocagrande, com ares mais contemporâneos, também tem bons hotéis, fica perto da praia e permite chegar ao centro facilmente. Para o período de alta temporada, não deixe de reservar o hotel com antecedência ou irá encontrar acomodações com preços acima do comum.

Para se locomover em Cartagena, a melhor forma é a pé (especialmente na Cidade Amuralhada), alugando uma bicicleta ou de táxi/Uber. Os ônibus da cidade, apesar de baratos, não são muito indicados pela lentidão e precariedade. Uma outra alternativa para andar pelo local é alugando um carro. Assim, terá toda liberdade para sair quando quiser, sem depender de horários e gastando praticamente o mesmo que de táxi/Uber.

Veja também: Por que visitar Cartagena?

O que fazer em Cartagena?

Entardecer em Cartagena
Entardecer em Cartagena

Uma cidade poética

Um dos cantos mais charmosos da América do Sul, seja de dia ou à noite, Cartagena é superanimada. Não faltam atrações, lojinhas, bares e restaurantes para conhecer. Os turistas que passam pela cidade ficam admirados com um destino colorido, simpático, rico em cultura, cheio de história e comida boa.

Primeiro dia

Comece o dia fazendo um city tour, preferencialmente a pé, para conhecer melhor a história dos principais pontos turísticos de Cartagena. Além disso, irá encontrar restaurantes, casas de câmbio, praças etc. Existem algumas empresas que oferecem o Free Walking Tour (tour feito a pé), onde um guia vai explicando sobre a história, cultura e gastronomia local.  

Outra opção é pegar um ônibus turístico daqueles hop-on/hop-off. O ônibus faz uma rota com duração total de 90 minutos e passa por atrações como a Torre do Relógio, a Cidade Amuralhada e o Convento de São Francisco.

Ao finalizar o city tour, fique pelo centro histórico, mais conhecido como Cidade Amuralhada. Por lá irá encontrar restaurantes, mercadinhos, cafeterias, praças e lojinhas de todos os tipos.

No fim de tarde, aproveite para apreciar a pôr do sol da Cidade Amuralhada. Do Café del Mar, você terá uma vista privilegiada. Porém, só vá se estiver disposto a gastar uma grana, pois o valor das bebidas é acima da média. Se não estiver dentro do seu orçamento, curta a vista em outro bar ou de alguma das muretas.

Feche sua noite ainda na Cidade Amuralhada e irá encontrar um lugar agitado e exótico, regado à salsa, reggaeton e outros ritmos colombianos. Na praça do Relógio você vai encontrar o famoso Donde Fidel, o The Clock Pub ou então um dos caríssimos bares nas coberturas dos prédios.  

Segundo dia

No seu segundo dia, você irá visitar um dos poucos pontos turísticos fora da Cidade Amuralhada. O Castelo de San Felipe é uma construção imponente que rende fotos instagramáveis.

Depois, tire um tempo para conhecer o bairro boêmio de Getsemani, que, ao contrário do que muita gente pensa, está dentro da Cidade Amuralhada. É só olhar ao redor. Nesse bairro, há muitos hostels, galerias de arte, ruelas pintadas com grafite, ruas floridas e ótimos cafés, entre eles, o Café del Mural – uma excelente parada. O Getsemani é bastante descolado e à noite se transforma em uma verdadeira festa a céu aberto, com dezenas de bares e restaurantes cheios de turistas. Então, já termine seu dia por lá mesmo.

Terceiro dia

Para o terceiro e último dia, você pode fazer um dos diversos passeios de barco pelas ilhas e praias de Cartagena. Um deles é para as Ilhas do Rosário. Dentro dos pacotes, geralmente, estão inclusos almoço, lanches e bebidas. Outra ideia é tomar um tour direto para a Playa Blanca, um belo lugar para passar o dia. Os barcos partem do Muele, perto da Torre do Relógio, onde várias agências ficam vendendo os mesmo passeios – não é necessário reservar com antecedência.  

 Veja também: o que fazer em Cartagena

Destaques

Inspiração na literaturaGastronomia intensa de sabores frescos Belezas naturais caribenhas
O escritor colombiano Gabriel García Márquez, agraciado com o Nobel de Literatura, mantinha uma casa de veraneio em Cartagena. Cenários da cidade histórica serviram de inspiração para obras como O amor nos tempos do cólera (1985) e Do amor e outros demônios (1994). É natural que os pratos típicos encontrados nos restaurantes em Cartagena sejam baseados em peixes e frutos do mar, uma vez que a cidade é banhada pelo mar do Caribe. Além disso, o clima tropical favorece o cultivo e consumo de muitos tipos de frutas, que também são utilizadas na preparação das comidas típicas de Cartagena. Algumas delas são bem familiares como coco, manga e mamão. As Ilhas do Rosário formam um arquipélago e fazem parte do Parque Natural Nacional de Rosário e San Bernardo Corals. As Ilhas do Rosário, a cerca de 100 Km de distância de Cartagena, tem tudo o que o turista deseja: areia clarinha, mar de cor azul turquesa e calmaria. Neste passeio, você com certeza vai poder dizer que está no Caribe!

Quando visitar Cartagena?

Praia do Caribe
Praia do Caribe

Cartagena tem um clima quente e seco

Em Cartagena faz calor o ano todo, com média anual de temperatura em torno de 27°C. No entanto, a sensação térmica vai além disso devido à umidade.

De maio a novembro, há chance de pegar chuva, sendo que de maio a agosto as chuvas são menos intensas e as temperaturas estão mais altas. O período de dezembro a abril é mais seco e ensolarado.

Períodos de férias, como final de dezembro, janeiro, julho e início de agosto, costumam ser movimentados na cidade e ter preços de hospedagem mais salgados. Mesmo na baixa temporada, que compreende meses alternativos como abril, setembro e outubro, é possível encontrar bastante gente nas ruas, especialmente nos fins de semana.

Alta Temporada

  • Prós – A possibilidade de chuvas é menor ou menos intensa, ideal para o visitante poder conhecer todos os pontos turísticos da região. A cidade fica mais animada e com mais opções de programas para fazer. 
  • Contras – Os valores cobrados em hospedagens e praias ficam mais altos. A cidade fica bem cheia, então se você não curte muvuca, o ideal é viajar na baixa temporada.

Baixa Temporada

  • Prós – A cidade fica menos cheia, e os preços praticados são mais em conta. Fica mais fácil visitar os pontos turísticos, além de ir às praias com mais tranquilidade, sem precisar disputar espaço com muitas pessoas.      
  • Contras – A possibilidade de chuvas é maior, podendo atrapalhar seus planos de ir à praia ou a alguma outra atração turística. 

Veja também: Quando visitar Cartagena? 

Gastronomia e o que comer em Cartagena?

Arepas, gastronomia colombiana
Arepas, gastronomia colombiana

Uma cozinha intensa no litoral colombiano

É natural que os pratos típicos encontrados nos restaurantes em Cartagena sejam baseados em peixes e frutos do mar, uma vez que a cidade é banhada pelo mar do Caribe. Além disso, o clima tropical favorece o cultivo e consumo de muitos tipos de frutas, que também são utilizadas na preparação das comidas típicas de Cartagena. Algumas delas são bem familiares como coco, manga e mamão.

Em geral, a cidade tem bons restaurantes da cozinha internacional e da cozinha colombiana. Portanto, não se preocupe, pois em Cartagena você irá comer bem! Os pratos principais normalmente vêm acompanhados de arroz de coco e patacón, uma espécie de bolinho de banana frito e achatado.

Outras comidas típicas da região são as arepas (espécie de salgado arredondado com massa de farinha de milho), cocadas e, entre as bebidas, a limonada com coco.

Restaurantes em Cartagena

  • El Santísimo – Plaza de San Diego 8-19
  • La Vitrola – Rua 33 #2-01 Calle Baloco, Centro
  • La Casa de Socorro – Calle Larga 25 #8B-112, Getsemani
  • La Cevicheria – Calle Stuart 7-14, San Diego
  • Café del Mural – Calle San Juan 25-60, Getsemani

Veja também: Onde comer em Cartagena

Pontos Turísticos de Cartagena

Vista da rua lateral
Vista da rua lateral

Encantos dentro e fora da muralha

De riqueza histórica e natural, Cartagena tem muitos de seus edifícios originais preservados dentro das suas muralhas. Não faltam atrações imperdíveis que levam o turista a uma viagem no tempo, além dos mais incríveis passeios de barco pelas ilhas.

  • Muralhas de Cartagena – Não dá para falar de pontos turísticos sem falar da grande muralha que contorna a cidade. São 11 Km de muralha que você pode caminhar e admirar a cidade por um ângulo diferente. Em alguns pontos a muralha é cortada, então você precisa continuar pela cidade e depois subir novamente para continuar o passeio.
  • Torre do Relógio – Um dos principais cartões-postais de Cartagena, a Torre do Relógio está localizada no principal portão de acesso à Cidade Amuralhada. O relógio original veio dos Estados Unidos e foi instalado em 1874. Por lá ele permaneceu por 63 anos, até ser substituído pelo relógio atual, que veio da Suíça.
  • Las Bóvedas – Las Bóvedas é um largo corredor com vários arcos, que funciona como uma feira com lojinhas vendendo produtos locais e artesanatos. É um bom lugar para fazer compras e desvendar a cidade. A entrada é gratuita.
  • Castelo de San Felipe de Barajas – O Castelo de San Felipe de Barajas é a fortificação que por muito tempo protegeu a cidade. Construído entre 1536 e 1657 pelos espanhóis, ele conta com alguns túneis e passagens secretas. De lá você vai ter uma vista diferenciada da cidade. O tour guiado pelo Castelo é um passeio que não pode faltar no seu roteiro.
  • Convento Santa Cruz de La Popa – Situado no ponto mais alto da cidade, o Convento está em uma área mais afastada do centro. Construído em 1607, o local tem arquitetura colonial e exibição de peças religiosas.
  • Parque Bolívar – O Parque Bolívar é uma praça arborizada bem no centro histórico de Cartagena. Ao redor da praça você encontra diversos pontos de interesse importantes, como o Museu da Inquisição, o Museu do Ouro, o Museu da Esmeralda e a Biblioteca de Cartagena. Pela região, há vendedores de frutas, artistas de rua e artesãos. No final do dia sempre acontece uma apresentação de dança típica no centro da praça.
  • Igreja e Monastério de San Pedro Claver – O Templo de San Pedro Claver abriga uma igreja e um monastério, construídos a partir do século XVII. A entrada é paga e o lugar tem um claustro muito bonito, com museu de arte sacra e visita às dependências do conjunto arquitetônico.  
  • Catedral Metropolitana de Cartagena – A Catedral de Cartagena é uma das igrejas mais importantes da cidade. Também chamada de Basílica Menor Santa Catalina de Alejandría, o local fica fechado a maior parte do tempo, abrindo apenas no horário das missas ou para quem paga pela visita com audioguia.
  • Ilhas do Rosário – Embora as praias continentais de Cartagena não sejam lá grandes coisas, o que você vai encontrar nas Ilhas do Rosário é tudo aquilo que deseja: areia clarinha, mar de cor azul turquesa e calmaria. As Ilhas do Rosário formam um arquipélago e fazem parte do Parque Natural Nacional de Rosário e San Bernardo Corals. O arquipélago fica a cerca de 100 Km de Cartagena. O acesso é feito por barco e dura em torno de 50 minutos. Neste passeio, você com certeza vai poder dizer que está no Caribe!

Veja também: Pontos turísticos de Cartagena

Velho Forte de Cartagena
Velho Forte de Cartagena

iFriend: Guia de viagem em Cartagena

Escolher um guia de viagem em Cartagena para acompanhá-lo em alguns passeios e roteiros pode ser a melhor opção para você aproveitar ao máximo a cidade.

Mar do Caribe
Mar do Caribe

Cartagena, a antiga cidade às margens do Caribe, espera sua visita!

iFriend. Find a friend, enjoy the ride.

O que achou?

Média 0 / 5. Votos: 0

Que tal?