HomeGuia de viagem Angra dos Reis

Guia de viagem Angra dos Reis

Ilha Grande- vista aérea
Você vai adorar conhecer Angra dos Reis neste super guia!
5
(1)

Angra dos Reis foi descoberta pelo navegador português Gonçalo Coelho no dia 6 de janeiro de 1502, Dia dos Reis Magos. Seu nome se deu devido à enorme angra pontilhada de ilhas paradisíacas, montanhas, rios e florestas, além de um mar profundamente azul. 

Os índios Tamoio/Tupinambá eram os habitantes do local, onde a abundância de recursos naturais e fantástica paisagem atraíram os colonizadores, enquanto a localização geográfica atraiu piratas de várias nacionalidades.  

A primeira colonização foi feita no continente, em 1530, por uma expedição a mando da Coroa de Portugal. Somente em 1556 os colonizadores vindos dos Açores se fixaram na enseada. No local, criaram uma povoação a qual foi dada o nome de Ilha Grande (1593), que foi elevada à categoria de vila, em 1608, com a denominação de Vila dos Reis Magos da Ilha Grande.   

A primeira atividade econômica de Angra foi a cultura da cana-de-açúcar, além de servir de parada no trajeto entre Santos e Rio de Janeiro. Depois, exportando e importando os produtos de Minas Gerais e São Paulo, chegou a ser um dos maiores portos do Brasil.  Em 1808, o povoado foi elevado à condição de freguesia e, em 1835, à condição da cidade e sede do município, com o nome de Angra dos Reis. 

Com a decadência do porto, após a ligação ferroviária entre São Paulo e o Rio de Janeiro, em 1872, o município entrou em um período de decadência econômica e, com a libertação dos escravos, em 1888, acabou a mão-de-obra essencial para o desenvolvimento das plantações de café. Somente meio século depois, com o estabelecimento de uma estrada de ferro para Minas Gerais e a reativação do porto, Angra dos Reis voltou a crescer. 

Na década de 60, com a instalação do Estaleiro da Verolme, a cidade volta a ter uma economia mais expressiva. Nos anos seguintes, foram instalados no município a Usina Nuclear de Furnas e o Terminal da Petrobrás. Atualmente, o turismo é a principal atividade econômica de Angra. 

Vocação turística 

Dona de 365 ilhas no litoral do Rio de Janeiro, Angra dos Reis é sinônimo de paisagens exuberantes, com mar verde água, areia branquinha e vegetação de Mata Atlântica. Os passeios de barco que percorrem a baía e as ilhas são os destaques e melhor forma de conhecer o destino. 

A Ilha Grande é a maior ilha de Angra. Só ela tem mais de 100 praias e enseadinhas, totalizando mais de 2 mil no município. As outras mais famosas ilhotas da região são Ilha de Cataguases, Ilha da Gipóia e Ilhas Botinas. Mas existem muito mais opções e vale sempre se informar sobre as paradas de cada passeio. 

Já as atrações do centro histórico da cidade e os charmosos restaurantes do bairro da Vila do Frade são um convite a diversificar a viagem e curtir um pouco fora das águas. 

Angra recebe, principalmente, muitos turistas nativos das cidades vizinhas Rio e São Paulo, mas também atrai viajantes de todo o Brasil. Os estrangeiros aparecem mais na região durante a temporada de cruzeiros, quando a Costa Verde está na rota dos transatlânticos.  

Veja também: Por que visitar Angra dos Reis?

Destaques

Os números impressionam Os resorts mais badaladosEcoturismo em alta!
A Ilha Grande é a maior ilha de Angra. Só ela tem mais de 100 praias e enseadinhas, totalizando mais de 2 mil no município.
A cidade conta com mais de 2 mil praias, especialmente aquelas que ficam nas ilhas, de águas cristalinas com uma mistura de tons esverdeados e azuis que atraem turistas interessados em belezas naturais.
A estrutura hoteleira da região tem seus melhores hotéis e pousadas localizados em áreas afastadas do centro. Há muitas pousadas sofisticadas, hotéis confortáveis e resorts de alto luxo!Voo livre, paraquedismo, rapel, rafting, canoagem, vela, trilhas e mergulho… você simplesmente não ficará parado em Angra dos Reis! De caminhadas para ver o pôr do sol até a prática de mergulho por snorquel e passeios de reconhecimento da flora e da fauna, Angra dos Reis oferece um roteiro completo na sua natureza generosa.

O que fazer em Angra dos Reis?

Ilhas Botinas
Ilhas Botinas

Um verdadeiro paraíso na Costa Esmeralda

As praias e ilhas são as grandes atrações para quem vai à Angra dos Reis, mas também há outras opções de lazer incluindo trilhas, história, gastronomia e muito mais. 

Angra é ainda um dos melhores pontos de mergulho do país, contemplada com uma diversificada e colorida vida marinha. Além de peixes de inúmeras espécies, moluscos, crustáceos, tartarugas e moréias, os adeptos da atividade encontram naufrágios escondidos. Outra prática muito comum nas praias de Angra é o surfe nos locais de mar aberto. Além desses, também há atividades como canoagem e escalada para os mais radicais.   

Conhecida como Costa Esmeralda, a região tem atividades para pessoas de todas as idades, como o tradicional passeio de lancha para as Ilhas Botinas, um de seus cartões-postais.

Primeiro dia

Comece seu roteiro fazendo o passeio mais famoso da região: o passeio de escuna. Entre as principais atrações visitadas estão: passagem por Ilha de Cataguás (ou Ilha de Cataguases), mergulho na Lagoa Azul (uma das atrações mais famosas de Angra dos Reis, mas que fica na verdade em Ilha Grande), Praia do Araçá e Praia de Japariz.   

Caso você queira algo mais exclusivo, dá para fazer o passeio de lancha seguindo o mesmo roteiro. À noite, a dica é ir provar a culinária local de Angra dos Reis. Uma excelente pedida é o Restaurante Samburá. 

Segundo dia

Para conhecer as demais praias e ilhas nos arredores de Angra, você precisará alugar um barco/lancha. No seu segundo dia, inclua na sua programação as Ilhas Botinas, uma das mais famosas ilhas da região e que só pode ser acessada com barcos pequenos. 

Outras praias que fazem parte desse roteiro são: Ilha de Cataguás (uma das mais turísticas da região e que somente com um barco pequeno você consegue atracar e descer), Praia do Dentista (com água de cor maravilhosa e que fica repleta de lanchas e iates no verão) e a Praia da Piedade. 

À noite, para fechar o dia muito bem, você pode conhecer a Marina Verolme em Angra dos Reis, o maior polo náutico da América Latina. Lá você encontra duas boas opções: a Cervejaria Mistura Clássica, com ótimas cervejas artesanais e petiscos e o restaurante Conversa Fiada, com menu variado e ambiente aconchegante.

Terceiro dia

Angra é uma das cidades mais antigas do Brasil, por isso, vale visitar seu centro histórico durante sua estadia na região. 

O lugar guarda jóias da arquitetura colonial, como a Igreja e Convento do Carmo e a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição. Outro ponto importante para conhecer é a Praça Almirante Tamandaré, onde os locais se reúnem para ficar horas conversando. É nessa praça que está o Mercado Redondo, local tradicional da cidade de venda de peixes e frutos do mar.

Aproveitando seu tour pela cidade, vale conhecer algumas das praias no próprio continente, sem a necessidade de pegar um barco. Mas atenção: não são todas as praias em Angra dos Reis que são próprias para banho. Se informe antes de ir, mas em geral, as praias um pouco mais afastadas do centro são as melhores e próprias. Uma sugestão é a Praia da Biscaia, na ponta leste, que tem um pôr do sol incrível e é ótima para ir com crianças. 

Para encerrar o dia, vale voltar para o centro de Angra, repleto de barzinhos e restaurantes com mesas na rua.   

Veja também: o que fazer em Angra dos Reis

Quando visitar Angra dos Reis?

Ponta da piedade
Ponta da piedade

Angra oferece paisagens lindas e passeios deliciosos a qualquer época do ano 

Angra dos Reis é um destino para o ano inteiro, pois seja lá qual for a época, seus cenários paradisíacos sempre estarão lá. Há os meses mais e os menos indicados, mas o período a definir essa viagem vai depender do interesse e disponibilidade de cada pessoa. 

Angra costuma estar sempre cheia, principalmente nos fins de semana e feriados prolongados. Viajar de segunda a sexta ou durante a baixa temporada é uma opção para quem não gosta de muvuca.

Os meses de verão são os mais procurados pelos turistas que desejam visitar a região. Esse é o período de alta temporada. Além disso, é também a época que mais chove (dezembro a março), mas se estiver com sorte, dá para pegar uns dias sem chuva. 

Os meses com menos probabilidade de chuva são junho, julho e agosto, inverno, época que faz menos calor. E os meses de abril, maio, setembro, outubro e novembro são indicados para ir porque não costuma chover muito, não tem tanta gente como nos meses de alta temporada e os preços são mais acessíveis, pois é baixa temporada. 

Alta Temporada

  • Prós – A cidade fica mais animada e com mais opções de programas para fazer. Os dias são mais quentes, perfeito para curtir uma praia ou um passeio de barco. 
  • Contras – Os valores praticados na região ficam acima do normal. A cidade fica bem cheia, então se você não curte muvuca, o ideal é não viajar na alta temporada. Além disso, há mais chances de chover. 

Baixa Temporada

  • Prós – A cidade fica menos cheia e os preços cobrados são mais convidativos. Fica mais fácil visitar as ilhas e praias, sem disputar espaço com muitas pessoas. Nesse período, também há menor incidência de chuvas. 
  • Contras – A cidade não fica tão animada quanto na alta temporada. Os dias não são tão longos e quentes (para quem curte um solzão) como no verão. 

Veja também: Quando visitar Angra dos Reis

Praias em Angra dos Reis

Meia Volta Ilha Grande
Meia Volta Ilha Grande

As praias mais selvagens da Costa Verde estão em Angra dos Reis 

Angra dos Reis é o lugar dos sonhos para quem adora sol, sal e mar. A cidade conta com mais de 2 mil praias, especialmente aquelas que ficam nas ilhas, de águas cristalinas com uma mistura de tons esverdeados e azuis que atraem turistas interessados em belezas naturais. É difícil sair de lá e não querer voltar!

  • Praia de Lopes Mendes – A Praia de Lopes Mendes fica em Ilha Grande e é uma das preferidas dos turistas. Ela tem extensão de aproximadamente 3 Km com areia fina e branquinha. O mar agitado é um chamariz para os praticantes de surfe. 
  • Lagoa Azul – Com águas cristalinas e calminhas, a Lagoa Azul é uma piscina natural também localizada em Ilha Grande, perfeita para quem curte nadar entre peixes com snorkel. O acesso à lagoa é feito de barco. 
  • Praia do Dentista – Localizada na Ilha da Gipóia, a Praia do Dentista é uma das melhores de Angra. Rodeada por uma extensa vegetação da Mata Atlântica, essa praia tem águas rasas e praticamente sem ondas. Essa é também a praia das baladas no mar. É comum encontrar barcos ancorados com jovens reunidos comemorando alguma data especial.
  • Praia da Ilha Cataguás – A Praia da Ilha Cataguás é repleta de sossego, águas transparentes, bem rasinha e com areia branquinha e fina. A Ilha Cataguás é a mais próxima do continente e fica pertinho também da Ilha do Peregrino. O local é altamente recomendado para pessoas que curtem fazer mergulho. 
  • Praia do Caxadaço – Com um mar verde e águas calmas, a Praia do Caxadaço é daquelas perfeitas, como num filme. A praia é deserta e tem 15 metros de extensão. Para chegar nela, é preciso estar de lancha ou fazer uma trilha na mata fechada. 
  • Ilhas Botinas – As Ilhas Botinas são duas formações rochosas cobertas por bromélias e coqueiros pertinho do continente. Para quem sai do Cais de Santa Luzia, por exemplo, em 15 minutinhos de lancha chega nesse paraíso. O local é tão apaixonante que não tem como deixá-lo de fora da lista de praias de Angra dos Reis, mesmo que as ilhas nem tenham uma extensão de areia para chamarmos de praia. Essas ilhas, aliás, fazem parte dos principais roteiros de passeios da região.  
  • Praia Vermelha – Um destino para praticar stand up paddle, navegar de caiaque ou fazer mergulhos rasos. A Praia Vermelha é o lugar certo para as atividades na água. Ela fica na Ilha Grande e tem uma excelente infraestrutura. Além disso, tem comércio por perto: mercado, restaurante, bar, barraquinhas e o que mais for necessário para deixar o dia do turista mais completo.

Veja também: Praias em Angra dos Reis 

Ecoturismo em Angra dos Reis

Ilhas Botinas
Ilhas Botinas

Atividades e experiências únicas para quem não quer ficar parado!

Angra dos Reis oferece muitas possibilidades de atividades para quem busca o contato com a natureza. É possível praticar voo livre, paraquedismo, rapel, rafting, canoagem, vela, trilhas e mergulho por meio de agências especializadas em ecoturismo e esportes de aventura. 

Com suas águas cristalinas, temperatura amena, zonas de naufrágio e uma  rica vida marinha, Angra é um dos lugares  mais procurados no país  para a prática do mergulho. 

No roteiro dos passeios de barco pelas ilhas há excelentes pontos para mergulho – de snorkel ou de cilindro -, como as Ilhas Botinas e Comprida. Já os adeptos do surfe não têm tantas opções, mas encontram boas ondas em algumas praias da ilha da Gipóia.

  • Caminhada na Rota dos Piratas + Lopes Mendes – Essa caminhada é em meio as belezas e biodiversidade da mata Atlântica. O trajeto é feito parte em estrada não pavimentada, parte em trilhas que exigem resistência e preparo físico. Há muitas atrações ao longo do caminho, como o mirante da Curva da Morte, Poço dos Soldados, calçada de pedras (feita por pessoas escravizadas e muito utilizada no século XIX) e Praia do Caxadaço, uma pequena praia paradisíaca com água cristalinas muito convidativas à prática de snorkeling. Como a Praia do Caxadaço fica escondida atrás de uma enorme parede de rochas que faz com que seja invisível para quem navega até mesmo próximo a costeira, era frequentemente usada por piratas e navios negreiros para o tráfico de pessoas escravizadas. A caminhada termina em Lopes Mendes, uma das mais belas praias da região.
  • Nascer do sol no Pico do Papagaio e caminhada noturna – Nesse tour de 8 horas de duração, o turista faz uma caminhada noturna pela Mata Atlântica para assistir ao espetacular nascer do sol no topo do Pico do Papagaio, a 982 metros acima do nível do mar. O Pico do Papagaio é o segundo pico mais alto da Ilha Grande, mas com as mais incríveis vistas da Ilha Grande e arredores. A trilha é cansativa, mas as recompensas são incontáveis, a começar pela própria caminhada, que oferece a oportunidade única de encontrar a vida noturna no caminho, sem contar com a vista privilegiada do topo. É uma experiência imperdível para quem gosta de passeios incomuns e muito contato com a natureza.
  • Rapel na Feiticeira – Os 15 metros de queda livre com águas fortes e cristalinas fazem da Cachoeira da Feiticeira, na Ilha Grande, um dos melhores pontos de rapel de todo o Brasil. Ela é perfeita para os iniciantes e na medida certa para quem busca uma aventura radical e segura. O rapel de cachoeira é chamado de Canyoning e várias agências de turismo na Vila do Abraão oferecem o passeio até a praia e depois o turista precisa subir até a queda d’água. A cachoeira fica cerca de 20 minutos de caminhada por uma trilha íngreme, partindo da praia da Feiticeira. Quem tiver o equipamento e quiser fazer o rapel por conta própria, é só chegar cedo e garantir um grampo. 
  • Mergulho – Seja com cilindro ou snorkel, o mergulho é uma atividade bem comum em Angra dos Reis devido à sua diversificada e colorida vida marinha. Nos passeios de escuna e lancha pelas ilhas, você consegue mergulhar apenas com máscara e snorkel e ver a beleza submarina. Você pode levar seu próprio equipamento ou alugar na embarcação. Para quem é mergulhador certificado ou quer experimentar um mergulho de cilindro pela primeira vez (batismo), basta agendar com uma das operadoras de mergulho da região. As saídas geralmente começam as 8:30 da manhã e voltam por volta das 15:00. No batismo você pode mergulhar com cilindro e até 20 metros de profundidade mesmo sem ser certificado. Nessa modalidade um instrutor vai junto com você.   
  • Mountain bike – A Ilha Grande tem muito a oferecer para os adeptos de mountain bike. Uma boa parte das trilhas para trekking podem ser percorridas de bicicleta. Há roteiros de dificuldade variada: plano, subidas leves, fortes, estrada de terra em serra, praias de areia dura e mole, riachos etc. Na Vila do Abraão, é possível alugar uma bike comum para passeios.
  • Passeio de barco – Não pode faltar na lista de turismo de natureza em Angra dos Reis o tour mais clássico da região. O passeio de barco pelas ilhas é obrigatório para quem vai à Angra. Ele é um convite a nadar em meio aos peixes e águas cristalinas, apreciar paisagens incríveis e explorar pedacinhos escondidos que surgem a cada parada. 

Veja também: Ecoturismo em Angra dos Reis

Gastronomia em Angra dos Reis

Frutos do mar

Todos os sabores de Angra dos Reis não cabem nessa seleção!

A gastronomia local de Angra dos Reis é um verdadeiro convite a saborear peixes e frutos do mar, frutos da terra, mas também tem opções como churrasco, comida japonesa e italiana.

Por sua proximidade e abundância de diversidade marinha, os alimentos são os mais frescos possíveis, dando um sabor especial aos pratos.

O que comer em Angra dos Reis?

Há algumas iguarias que vale a pena experimentar na sua viagem a Angra.

Lula Recheada – fica por conta do Restaurante Samburá e muitos turistas vão lá para provar essa delícia. O recheio é feito com uma farofa de camarões. 

Peixe com Banana – é um ensopado feito em panela de barro, e leva muitas especiarias da região, além de ser uma das principais heranças gastronômicas de Angra, pois era uma refeição muito comum entre os índios caiçara que viveram por lá. O prato é encontrado no Canto das Canoas. 

Vieiras – São muito populares principalmente na França, também são nativas da Baía da Ilha Grande e por lá incorporam deliciosas receitas em restaurantes da região. 

Restaurantes em Angra dos Reis

  • Samburá – Rua Maria Jose Lucas Peixoto, 286, Parque das Palmeiras 
  • Conversa Fiada Angra – Avenida Wilson Maruca, s/n Porto Marina, ao lado da barreira Fiscal
  • Sam – R. Cel. Carvalho, 355, Centro
  • Las Sorrentinas – R. Getúlio Vargas, 638, Vila do Abraão
  • Old Republic Hamburgueria – Av. dos Trab., 23, Loja 4, Village
  • D’ Boa Bar – Av. Antônio Bertholdo da Silva Jordão, 5518, Monsuaba
  • Canto das Canoas – Praia do Vitorino, S/N, Ilha da Gipóia
  • Kiosk Bistrô – em frente ao cais de turismo – R. da Praia, Vila do Abraão
  • Le Bistrot de Dominique – R. do Campo, 1, Frade
  • Restaurante Dom Mario – R. da Praia, 781, Vila do Abraão

Veja também: Onde comer em Angra dos Reis

Pousadas e Hotéis em Angra dos Reis

Portogalo Resort
Portogalo Resort

Para quem quer descansar depois de tantos passeios incríveis 

Para escolher onde vai se hospedar em Angra dos Reis, o turista precisa primeiro planejar quais passeios deseja fazer e como será seus deslocamentos.

A estrutura hoteleira da região tem seus melhores hotéis e pousadas localizados em áreas afastadas do centro. Se você estiver de carro próprio ou alugado, será mais fácil acessar essas áreas. Caso chegue a pé à cidade, o centro é a melhor opção.

Além do centro da cidade, Angra conta com outras 3 regiões muito populares entre os viajantes na hora de buscar onde ficar hospedado. São elas: Estrada do Contorno, Pontal e Bracuhy. A estas quatro, ainda se soma o distrito de Conceição de Jacareí, que pode ser uma alternativa especialmente a quem pretenda visitar a Ilha Grande, como um bate e volta. 

Pousadas e Hotéis em Angra dos Reis 

  • Samba Angra dos Reis – Condomínio Porto Marina Bracuhy, BR-101, KM 505, Bracuí 
  • Mercure Angra dos Reis – Estr. das Marinas, 111, Praia do Jardim
  • Acrópolis Marina Hotel – Avenida Almirante Jaír Carneiro Toscano de Brito, 500, Parque das Palmeiras
  • Pousada Casa Atlântica – Rua Professor Jorge Salomão, 228, Bonfim
  • Pousada Estrada do Ouro – Rua Dolor Barreto, 160, Parque Mambucaba 
  • Portogalo Suite Hotel – Rod. Gov. Mário Covas, BR-101, KM 461, Portogalo 

Veja também: Pousadas e hotéis em Angra dos Reis 

Passeios em Angra dos Reis

Praia maguariquessaba
Praia maguariquessaba

Você não vai ficar parado em Angra dos Reis!

Angra dos Reis é o destino dos sonhos para quem adora sombra, água fresca e paisagens lindas. Passeios não faltam pelas suas 365 ilhas, 2 mil praias e mais de 500 anos de história. Na cidade adotada pelas celebridades, prepare-se para se encantar com as Ilhas Botinas, Ilha Grande, Praia do Dentista e muito mais.

  • Passeio de Escuna Regular – Com saída da Estação Santa Luzia, no centro de Angra, o roteiro desse passeio tem a Ilha de Cataguases, a Lagoa Azul, a Freguesia de Santana e a Praia de Japariz. O passeio tem opção de almoço num buffet self-service. A capacidade da escuna pode variar de 100 a 180 pessoas. A embarcação conta com serviço de bordo com garçom, churrasquinho, bebidas, biscoitos, entre outros. É possível alugar máscara de mergulho. O passeio é da agência Angra dos Reis Turismo.
  • Ilhas Paradisíacas – O passeio de lancha tem duração de aproximadamente 5 horas e também sai da Estação Santa Luzia. No roteiro deste passeio estão as Ilhas Botinas, a Praia do Dentista, a Praia da Fazenda, a Praia do Vitorino e a Ponta da Piedade. A capacidade de cada lancha poderá variar de 9 à 18 pessoas. Espaguete de flutuação, e máscara e snorkel estão disponíveis. O almoço é na Praia do Vitorino e fica por conta do viajante. O passeio é da agência Angra dos Reis Turismo.
  • Super Lagoa Azul – O passeio à Super Lagoa Azul é feito de lancha e tem duração de aproximadamente 5 horas. Partindo da Estação Santa Luzia, a embarcação passa pela Ilha de Cataguases, Lagoa Azul, Praia de Grumixama, Freguesia de Santana, Praia do Araça e termina na Praia de Japariz. O turista pode levar bebidas e um cooler de, no máximo, 20 litros. O almoço, na Praia do Japariz, é opcional. O passeio é da agência Angra dos Reis Turismo.
  • Meia Volta Ilha Grande – O roteiro deste passeio passa pela famosa Lagoa Verde, Praia de Ubatubinha, Maguariquessaba (almoço), Praia do Aripeba e termina com uma passagem panorâmica pela Fazenda Marinha de Jaconema. O passeio Meia Volta Ilha Grande é feito de lancha com capacidade para entre 9 e 18 pessoas. O passeio é da agência Angra dos Reis Turismo.
  • Super Ilhas Angra – O passeio às Super Ilhas é feito de catamarã e dura cerca de 5 horas. Partindo da Estação Santa Luzia, a embarcação passa pelas Ilhas Botinas, Ilha de Cataguases, Ponta da Piedade e Praia das Flechas (almoço). O catamarã tem capacidade para 50 passageiros e três tripulantes, conta com som ambiente e bar a bordo. O passeio é da agência Angra dos Reis Turismo.
  • Passeio Lopes Mendes – O passeio a uma das praias mais bonitas do país, Lopes Mendes, na Ilha Grande, tem saída a partir do centro de Angra dos Reis e dura aproximadamente 09 horas e 30 minutos. Este tour mistura passeio de barco e uma trilha moderada de aproximadamente meia hora. O roteiro passa pela Vila do Abraão e Praia de Palmas, onde se inicia a trilha para Lopes Mendes. Os passageiros podem levar bebidas e um cooler de, no máximo, 20 litros. O tour pode ser feito de flex boat, lancha ou escuna. O passeio é da agência Angra dos Reis Turismo. 
  • Usina nuclear de Angra dos Reis – O Observatório Nuclear, que faz parte da Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto – CNAAA, é uma área para visitação gratuita, localizado às margens da antiga Rodovia Rio-Santos. Um espaço moderno e interativo que apresenta informações a respeito da geração de energia elétrica a partir de reatores nucleares, da história da energia nuclear no Brasil e dos cuidados que a Eletronuclear tem com a sociedade e com o meio ambiente. O espaço visa combater a desinformação sobre o funcionamento e a segurança das usinas nucleares, trazendo um olhar científico para estudantes e visitantes em geral.

Veja também: Passeios em Angra dos Reis

Experiências em Angra dos Reis

Experiências únicas com um iFriend!

Se você quer experiências incríveis em Angra dos Reis não deve deixar de aproveitá-las com nossas experiências exclusivas. Angra dos Reis tem inúmeras atrações de ecoturismo e turismo de aventura espalhadas por toda sua extensão. Não deixe de aproveitar essas belezas com um iFriend.

passeios de baco em Angra dos Reis
passeios de baco em Angra dos Reis

Passeio de barco

Vamos conhecer as belezas naturais de Angra dos Reis em um passeio de barco.  Após o embarque no Rio por nosso guia particular,iremos por 3:00 h em uma estrada sinuosa através das montanhas com incríveis cenários que se estendem por toda a imensidão de vales e escarpas à beira-mar, locais ideais para paradas para fotos e contemplação. Dezenas de Ilhas aparecem a cada curva de um litoral cortado por baías e penínsulas, que tem como maior atrativo turístico a Ilha Grande.

São inúmeras as atividades para fazer em Angra dos Reis e todos os caminhos levam ao mar. Dito isso, embarcaremos em uma lancha particular exclusiva para descobrir as principais Ilhas offshore, saltando de um paraíso a outro por cerca de 7:00 horas.

No passeio, haverá paradas para nadar em sedutoras águas turquesa para mergulhar entre peixes coloridos e ainda explorar praias selvagens ou agitadas, vivenciando cultura, gastronomia e paraísos maravilhosos.

Conhecendo a Ilha de Lopes Mendes

Nesse passeio conheceremos toda a beleza da Ilha de Lopes Mendes

O passeio começa na Vila do Abraão, na Ilha Grande, onde você embarca em uma escuna em direção à Praia do Mangue. O passeio de 45 minutos é muito bonito ao longo da ilha. Da Praia do Mangue começa uma trilha de fácil acesso e beleza incrível, onde a fauna e a flora fazem parte das atrações e histórias da Ilha Grande são contadas pelo guia.

Após 50 minutos de caminhada, chega-se à Praia de Lopes Mendes pelo lado do oceano. Esta praia é considerada uma das mais bonitas do Brasil. São quase 03 quilômetros de areia branca e fina e águas cristalinas do mar onde você pode se banhar. O retorno é feito pela praia e depois por uma trilha mais curta até a Praia do Mangue, de onde se pega o barco de volta à Vila do Abraão.

Veja também: Experiências em Angra dos Reis

Quanto custa viajar para Angra dos Reis? 

Usina Nuclear de Angra dos Reis
Usina Nuclear de Angra dos Reis

Tem viagem para todos os bolsos!

Angra dos Reis está localizada entre as cidades do Rio (166 quilômetros) e São Paulo (414 quilômetros), com maior proximidade do Rio de Janeiro. 

Para quem estiver vindo de outros estados e chegar de avião, a melhor escolha é descer em algum aeroporto do Rio. Porém, caso o voo chegue em São Paulo também é possível ir até Angra de carro ou ônibus, só vai demorar um pouco mais.

  • Passagens – Rio R$57,60 e São Paulo R$112,99
  • Aluguel de carro – Categoria econômica Sedan R$70,00 a diária / veículos SUV R$103,00 a diária (preço médio para no mínimo 7 dias)
  • Passeios – Os passeios de lancha variam de R$ 90 a R$ 200 (almoço e bebidas não incluído). Já o passeio de escuna é bem mais barato, o valor varia de R$ 50 a R$ 60. Outros passeios como trilhas, rota da cachaça entre outros possuem diversos valores.
  • Hospedagens – Há acomodações de diversos valores – Resorts, pousadas, flats, hotéis e hostels. Das acomodações mais sofisticadas às mais econômicas é possível viver experiências únicas. 

Estima-se que numa viagem de 7 dias em Angra dos Reis você precise ter, em média, de R$2.500 a R$3.500 (isso sem as passagens aéreas) para aproveitar algumas atrações e se em acomodações mais econômicas. Boa parte dos estabelecimentos comerciais aceitam cartões de crédito e débito. 

Veja também: Quanto custa viajar para Angra dos Reis 

iFriend: Guia de viagem em Angra dos Reis

Praia da Longa
Praia da Longa

Escolher um guia de viagem para acompanhá-lo em alguns passeios e roteiros pode ser a melhor opção para você aproveitar ao máximo a cidade.

  • Waldeck – Guia local que vai te levar para conhecer os patrimônios naturais, históricos e culturais da região
  • Suellen – Guia local que vai te levar para ter experiências únicas em Angra dos Reis. 

Descubra Angra dos Reis! Você pode escolher alguém com um perfil parecido/esperado e ter uma experiência incrível, focado nos seus desejos.

Ilha grande - Angra dos Reis
Ilha grande – Angra dos Reis


Angra dos Reis, a Costa Esmeralda, espera sua visita!

iFriend. Find a friend, enjoy the ride. 

O que achou?

Média 5 / 5. Votos: 1

Que tal?